21/05/2020 às 08h31min - Atualizada em 21/05/2020 às 08h31min

Live promove encontro de especialistas do agronegócio

Impactos e perspectivas do agromercado serão discutidas no dia 21 de maio, às 17h, pela internet; participação é gratuita

Marcelo Teixeira
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Como o produtor rural deve se posicionar frente às mudanças de mercado, em tempos de pandemia, é o foco de uma live que quatro entidades da região de Araçatuba (SP) vão promover nessa quinta-feira (21), a partir das 17h. O evento visa auxiliar agricultores, pecuaristas e profissionais que trabalham no campo, e é organizado pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), SIRAN (Sindicato Rural da Alta Noroeste), CDRS (Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável) e Prefeitura de Araçatuba.
 
Participam do encontro virtual a consultora em marketing do Sebrae-SP, Vanessa Helena; o presidente do SIRAN, Fábio Brancato; o consultor do Sebrae, Aldo Fernandes; o assessor executivo da Secretaria de Desenvolvimento Agroindustrial de Araçatuba, Arnaldo Vieira Filho (Dindo); e o engenheiro agrônomo da CDRS, Washington Oi. As inscrições são gratuitas, estão abertas e devem ser feitas por meio do link https://bit.ly/eventoagro e/ou pelo telefone (18) 99141-0090.
 
Serão abordados temas relevantes, como os cenários dos mercados financeiros e da economia mundial para os produtores rurais. "Para quem já vendeu e garantiu margem, esse não será um grande desafio, mas a preocupação é o planejamento para a próxima safra. Num cenário de crise, a regra do jogo é liquidez", diz Brancato. Para ele o agro não vai parar, pois os negócios rurais alimentam o mundo e fornecem matéria-prima para diversos produtos que fazem a economia girar. "Mas, o fato é que, entre tantas incertezas após a chegada do novo coronavírus, todos ficam apreensivos sobre os próximos acontecimentos e como isso será refletido no mercado", comenta o líder classista.
 
Outro tema que será explorado na live é uma das medidas adotadas pela Receita Federal, que, seguindo a recomendação de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS), prorrogou os pagamentos de obrigatoriedades tributárias de abril. A entrega final da declaração do Imposto de Renda de pessoa física (IRPF), assim como do Livro Caixa Digital do Produtor Rural (LCDPR), por exemplo, serão até o dia 30 de junho de 2020. "É um fôlego a mais para produtores e empresários rurais buscarem os documentos necessários, mas é importante não deixar para o último momento", avalia o presidente do SIRAN. Segundo Brancato, o ideal agora é analisar como está a saúde financeira da propriedade e a gestão, para fazer ajustes e planejamento.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »