19/05/2020 às 13h14min - Atualizada em 19/05/2020 às 13h14min

Governo lança cartilha de prevenção a abuso sexual e exploração infantil

Com linguagem didática, material ressalta que pais e responsáveis estejam atentos e saibam como proceder para garantir que seus filhos fiquem seguros

Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
Ministra Damares Alves, do ministério da Mulher, da Família e Direitos Humanos, em coletiva dos 500 dias de governo, no Palácio do Planalto - Foto: Anderson Riedel/PR
No dia em que se comemora o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil, nesta segunda-feira (18), o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) lançou a cartilha "Família Protetora" - um guia para pais e responsáveis de como identificar e prevenir riscos de abuso sexual, exploração infantil e pedofilia.

Com uma linguagem didática, o material ressalta que é fundamental que os pais e responsáveis estejam atentos e saibam como proceder para garantir que seus filhos fiquem seguros, especialmente em casa, onde deve ser o lugar mais seguro para se crescer e desenvolver como pessoa e cidadão.  
 
A cartilha esclarece dúvidas recorrentes das famílias, como: sinais de alerta, tipos de violência  - física ou psicológica -, os tipos de abuso sexual, entre outros. 

Também vale destacar, no material,  que o envio ou armazenamento de uma imagem com conotação sexual de criança ou adolescente, mesmo que seja com o fim de localizar o abusador, configura crime.

"Toda conscientização nessa matéria é muito importante para chegarmos antes em tema que pode deixar tantos traumas e marcas", afirmou Ângela Gandra, secretária da Secretaria Nacional da Família (SNF), secretaria responsável pela publicação.

Acesse a cartilha: Família protetora 

Saiba mais
O Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual Infantil, foi criado a partir da Lei 9.970/00. Esta data foi escolhida em virtude do crime cometido contra Araceli, uma menina de apenas 8 anos de idade, abusada sexualmente e brutalmente assassinada em 18 de maio de 1973. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »