20/03/2018 às 11h30min - Atualizada em 20/03/2018 às 11h30min

Plenário aprova três itens na 7ª sessão ordinária

Assessoria de Imprensa da Câmara
Vereadores aprovam três itens na sétima sessão. ( Foto: Divulgação)

Os vereadores aprovaram três dos quatro itens da pauta da 7ª sessão ordinária do ano, realizada nesta segunda-feira (19/3). Uma das matérias aceitas foi o projeto de lei, de autoria do vereador Gilberto Batata Mantovani (PR), que obriga as agências bancárias a disponibilizarem avisos sonoros informando a senha numérica ou eletrônica para facilitar o atendimento das pessoas com deficiência visual. A proposta recebeu duas emendas do próprio autor, que retirou do texto original a exigência para as casas lotéricas.

Proposto pelo vereador Dr. Almir (PSDB), foi aprovado o projeto de lei que denomina Contabilista Ivo Furlan a Rua 10 do Condomínio Royal Boulevard Residence e Resort.

A comissão especial criada para debater com entidades de classe que representam trabalhadores, profissionais, empresas e a população sobre a PEC da Previdência teve o período de atividades prorrogado por mais 90 dias. O projeto de resolução é assinado pelos vereadores Professor Cláudio (PMN), Dunga (DEM) e Denilson Pichitelli (PSL).

ADIADO POR TRÊS SESSÕES

A pedido do vereador Lucas Zanatta (PV), foi adiado por três sessões o projeto de lei que obrigava o município a divulgar, por meio do site oficial da Prefeitura, a lista de medicamentos e insumos fornecidos na rede municipal de saúde.
 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »