20/04/2020 às 16h29min - Atualizada em 20/04/2020 às 16h29min

Mais de 2,5 milhões de empregos estão preservados por meio de programa do governo

Medida provisória possibilita acordos para redução de jornada ou salários

Governo do Brasil
De acordo com o Ministério da Economia, investimento será de mais de R$51 bilhões. - Foto: EBC
Mais de 2,5 milhões de empregos já foram preservados por meio de acordos firmados pelo Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda.  O programa prevê a concessão do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda aos trabalhadores que tiverem jornada reduzida ou contrato suspenso e ainda auxílio emergencial para trabalhadores intermitentes com contrato de trabalho formalizado, nos termos da medida provisória.

O presidente Jair Bolsonaro, por meio de rede social, comemorou a marca alcançada e disse que a Saúde e a Economia caminham juntas.



O valor do benefício emergencial terá como base de cálculo o valor mensal do seguro-desemprego a que o empregado teria direito. Para os casos de redução de jornada de trabalho e de salário, será pago o percentual do seguro desemprego equivalente ao percentual da redução. Nos casos de suspensão temporária do contrato de trabalho, o empregado vai receber 100% do valor equivalente do seguro desemprego. Se o empregador mantiver 30% da remuneração, o benefício fica em 70%.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »