01/04/2020 às 12h11min - Atualizada em 01/04/2020 às 12h11min

XÔ DENGUE: CCVZ continua com o trabalho de combate ao mosquito Aedes Aegypti

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A Prefeitura de Birigui, por meio do Centro de Controle de Vetores e Zoonoses [CCVZ], continua com os trabalhos de combate ao Aedes Aegypti, mosquito que transmite a dengue, a zika e chikungunya.

Segundo o CCVZ, os agentes estão realizando o bloqueio de criadouros, com a retirada de recipiente propício para criadouro, junto com os auxiliares de serviço gerais limpando os terrenos e áreas verdes.

Agentes de endemias estão trabalhando junto com a nebulização, que ocorre onde existem casos positivos da doença. Os trabalhos do CCVZ acontecem diariamente, com 29 agentes de endemias e 14 auxiliares.

Apesar da administração enviar agentes para o trabalho de rua, a população precisa ajudar e colaborar com o combate ao mosquito.

É fundamental tampar os tonéis e caixas d’água; mantenha as calhas sempre limpas; deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo; manter lixeiras bem tampadas; deixar ralos limpos e com aplicação de tela; limpar semanalmente ou preencha pratos de vasos de plantas com areia; limpar com escova ou bucha os potes de água para animais; retirar água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

A Prefeitura de Birigui pede que as pessoas aproveitem a quarentena do coronavírus para limpar suas residências, eliminar objetos desnecessários, eliminar possíveis locais onde a água fica parada.

NÚMEROS – Este ano, Birigui já registrou 1.240 notificações, sendo 549 notificações prováveis de dengue (279 positivos e 270 negativos). Outros 691 são casos que deram negativo.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »