30/03/2020 às 09h54min - Atualizada em 30/03/2020 às 09h54min

Prefeitura de Penápolis comprará mil kits de testes rápidos para o coronavírus

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
A Prefeitura de Penápolis tem adotado diversas medidas pró-ativas como forma de contenção ao novo coronavírus, para que o município não tenha uma epidemia de Covid-19. Além da publicação de decretos determinando as normas do isolamento social, a Administração Municipal também tem feito a lavagem e higienização de pontos estratégicos da cidade onde ainda é permitido a circulação de pessoas (sem aglomeração) e a compra de EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais) para profissionais da saúde. 

Outra importante medida anunciada pelo prefeito Célio de Oliveira durante o Boletim Coronavírus veiculado ao vivo na última semana, na página do facebook da Prefeitura de Penápolis, foi a autorização para a compra de 1.000 testes rápidos do coronavírus. 

O secretário municipal de Saúde, Wilson Carlos Braz, também estava ao vivo no Boletim com o prefeito e explicou que a aquisição dos kits agilizará os resultados dos exames. “Com o teste rápido, é possível coletar uma gota de sangue do paciente e o resultado fica pronto em 15 minutos”, disse. 

Valor 

A Prefeitura investirá cerca de R$99 mil na aquisição dos kits de teste rápido. Segundo explicou o secretário de Saúde, o valor mínimo encontrado no mercado foi de R$99,00 cada kit. “Não há kits disponíveis no mercado, por isso quando encontramos, os preços estão inflacionados, uma média de R$120,00 cada kit. O mais em conta que cotamos foi esse valor de R$99,00”, ponderou Braz. 

Ele informou que na manhã de quinta-feira, 26, a Secretaria de Saúde havia comprado 200 kits e que o prefeito autorizou aumentar a compra para 1.000 kits de testes rápidos para o coronavírus. 

Entrega demorada 

Mesmo com a compra dos testes rápidos, o secretário de Saúde alertou que os kits não serão entregues de imediato, chegarão aos poucos em Penápolis. “A Prefeitura fez a compra, pagou à vista, entretanto a entrega será de forma parcelada. Como não há material disponível no mercado para fabricação do kit em larga escala, receberemos os primeiros 20 kits só na próxima quarta-feira”, informou o secretário Braz. 

O prefeito Célio e Oliveira destacou que a prefeitura está fazendo o possível para evitar uma epidemia de coronavírus o município. “Não vamos medir esforços para salvar a população. Já investimos mais de R$100 mil na compra de EPIs para os profissionais da Saúde, agora autorizamos a compra de cerca de R$100 mil em testes rápidos que já pagamos e receberemos a conta-gotas. Tudo isso com recursos próprios. Até o momento, estamos enfrentando essa crise sozinhos, não recebemos nenhum recurso dos governos federal e estadual”, lamentou o prefeito. 

Testagem 

O secretário municipal de Saúde, Wilson Braz, ressalta que apenas os pacientes que estiverem internados e em situação crítica farão o teste rápido. "Não há necessidade de superlotar as unidades de saúde, muito menos o Pronto Socorro na intenção de fazer o teste de coronavírus, pois ele será realizado apenas nos pacientes mais graves, conforme a resolução estadual”, alertou Braz. 

De acordo com as Resoluções SS-28 e SS-31, ambas de março de 2020, da Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, haverá coleta de exames laboratoriais confirmatórios de Covid-19 apenas em casos graves ou críticos que estejam internados em unidades hospitalares. Os exames de diagnóstico também devem ser realizados em profissionais de saúde que apresentem sintomas de coronavírus. 

“Essas medidas buscam otimizar o bom uso desse recurso, cujos insumos estão restritos no mundo devido à situação pandêmica”, acrescentou o prefeito Célio de Oliveira. 

O prefeito ainda pede para que a comunidade penapolense respeite o isolamento social e siga as orientações dos órgãos de saúde que são fundamentais para evitar o contágio: manter-se em quarentena, limpeza constante das mãos, higienização das superfícies, evitar a aglomeração de pessoas. “São medidas que devemos seguir com máximo rigor durante este período mais crítico, principalmente porque já positivamos o primeiro caso de Covid-19 em nossa cidade”, concluiu o prefeito Célio de Oliveira.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »