27/03/2020 às 12h41min - Atualizada em 27/03/2020 às 12h41min

Promotoria recomenda aumento no número de refeições servidas em unidades do Bom Prato

Medida visa a atenuar impacto da pandemia na renda

MPSP
Tendo em vista as consequências da pandemia do novo coronavírus na vida financeira da população, sobretudo a de baixa renda, a Promotoria de Justiça de Direitos Humanos da Capital expediu recomendação ao Governo do Estado no sentido de aumentar o número de refeições servidas por dia nos restaurantes da rede Bom Prato. O programa, que conta com 58 unidades, sendo 22 na capital, 11 na Grande São Paulo, 8 no litoral e 17 no interior, oferece café da manhã e almoço a R$ 0,50 e R$ 1, respectivamente.

Assinado, pelos promotores Anna Trotta Yaryd e Eduardo Valério o documento pede ainda a adoção de medidas administrativas que possibilitem às parceiras a rápida e pronta substituição dos trabalhadores da rede que eventualmente apresentem sintomas respiratórios, assim como de providências visando à fiscalização das das medidas profiláticas recomendadas pelas autoridades sanitárias para preservação da saúde dos servidores que exerçam suas funções na prestação desse serviço.


A Promotoria quer saber também quando serão disponibilizadas as refeições em embalagens descartáveis, conforme foi divulgado pelo Governo do Estado em seu site, e se isso ocorrerá em todas as unidades existentes.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »