27/03/2020 às 10h19min - Atualizada em 27/03/2020 às 10h19min

Rio Preto já tem transmissão comunitária de Coronavírus

São nove casos confirmados e 171 em investigação

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
O secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, informou nesta quinta-feira, dia 26, durante live no Facebook da Prefeitura que a cidade já tem transmissão comunitária de coronavírus.

Esse tipo de transmissão ocorre quando não é mais possível saber a origem da infecção por ter se alastrado aleatoriamente. É diferente da transmissão local, quando se sabe quem passou o vírus a quem.

A transmissão sustentada é o terceiro e último estágio epidemiológico. Faz com que as autoridades elevem o nível de alerta e adotem medidas de maior restrição.

A cidade contabiliza nove casos confirmados para Covid-19 e 171 casos suspeitos, entre eles três pessoas que morreram: uma gestante de 28 anos, um homem de 83 anos e um homem de 43 anos.

“Precisamos que continuem o isolamento social e que as pessoas que apresentem sintomas, fiquem em suas casas exercendo o dever de cidadão em não expor outras pessoas aos riscos de contaminação”, afirmou o secretário de Saúde, Aldenis Borim.

As multas aos estabelecimentos que descumpriram o decreto de calamidade cresceram de 11 para 21. A autuação é de R$ 6 mil, podendo chegara a cassação do alvará em caso de reincidência.

Ramo de atividade

6 supermercados
6 restaurante e lanchonete
1 indústria
1 imobiliária
1 atividade religiosa
1 clube
1 distribuidora de bebidas
1 transportadora
1 loja de suplementos alimentares
1 clínica odontológica
1 pet shop

Medidas administrativas

Para tentar conter ainda mais o avanço da infecção por coronavírus, o prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, assinou decreto que extingue a gratuidade do transporte de passageiros idosos nos horários de pico.

O decreto será publicado no Diário Oficial do Município desta sexta-feira, dia 27, e entra em vigência na próxima segunda-feira, dia 30. Com isso, idosos com idade superior a 65 anos perdem o direito da gratuidade nos horários de maior movimento de passageiros, compreendidos das 5h às 8 horas e das 16:30h às 19:30 horas. A medida vale até o próximo dia 15 de abril.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »