26/03/2020 às 11h32min - Atualizada em 26/03/2020 às 11h32min

Qual a importância da instalação de Câmeras de Segurança em Condomínios?

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
No Brasil não precisamos procurar muito para ficarmos por dentro das notícias sobre furtos e roubos a casas, condomínios e até comércios, pois em várias cidades do país há registros de casos de invasão e até mesmo arrastões em casas e condomínios, planejados e realizados com muita ousadia, e isso é um fato constante.

Em São Paulo capital e Manaus, os dados de 2016 registraram 60 casos de furtos e invasões a residências, por isso, é necessário pensar de forma constante na segurança do seu lar, estando em condomínios residenciais ou não.

Investir em kit segurança eletrônica é algo indispensável para tentar minimizar a violência, pois os equipamentos de segurança eletrônica para condomínios são alternativas que ajudam a monitorar e controlar o acesso dos residentes, visitantes e até dos possíveis invasores.

Câmeras, cercas elétricas, porteiros eletrônicos, alarmes, sensores de presença e outros dispositivos são algumas das opções disponíveis no mercado. Antes de escolher estes equipamentos e investir, é necessário pensar nas necessidades específicas que o condomínio tem, estudar a área de cobertura, planejar junto á equipe de segurança (vigilantes e outros funcionários) quais soluções podem ser tomadas para que tudo funcione de forma a evitar problemas.
 
 
Você sabe quais os tipos de sistemas de segurança?

Câmeras de vigilância, alarmes, cercas, botão de pânico são alguns dos itens essenciais em um sistema de segurança, mas além disso, têm muito mais.

A implantação de barreiras e de todo um mecanismo tecnológico adequado faz o complemento para qualquer gestão na segurança.

A instalação de um bom CFTV – Circuito Fechado de Televisão – em locais estratégicos em condomínios e residências já é algo que inibe a ação de infratores, pois este sistema conta com a distribuição de câmeras em determinados pontos estratégicos dos condomínios.

Vale lembrar que a implementação de um kit segurança eletrônica agregado a portaria do condomínio são ferramentas que possibilitam maior qualidade do serviço e eficiência para o gerenciador da portaria do local. Mas, saber fazer o uso dos equipamentos é de extrema importância, pois nada vale ter um produto de qualidade se quem necessita não sabe utilizar.

Pensando nisso, é necessário além dos produtos de segurança, treinar os funcionários para que eles saibam utilizar os equipamentos da melhor forma, proporcionando maior eficácia na adesão do sistema eletrônico de segurança e resolução mais ágil de um problema.

Uma das marcas mais famosas no Brasil é a Hikvision, sendo referência no segmento de vigilância, pois só disponibiliza no mercado produtos que já foram testados e aprovados, para evitar ao máximo problemas com furtos e invasões.
 
 
Quais equipamentos usar para a segurança do condomínio?

Atualmente, há inúmeros itens no mercado que ajudam a aumentar a segurança em condomínios residenciais e empresariais. Segundo o IBGE, 34,8 milhões dos domicílios brasileiros, ou seja, 60% do total já fazem o uso de pelo menos um dispositivo de segurança. Do total dos pesquisados, a maioria destes se encontram em áreas urbanas.

Desta pesquisa, podemos deduzir também que são inúmeras as pessoas que não sabem ao certo qual equipamento de segurança escolher para sua residência, então vejamos a seguir alguns dos principais equipamentos para segurança de condomínios:
  • Controle de Acesso: o controle de acesso é um registro detalhado do fluxo de pessoas e automóveis por meio de dispositivos de identificação com tecnologia desenvolvida exclusivamente para condomínios.
  • Controle de acesso + monitoramento e Interfones: Estes possibilitam aos moradores a receber mensagens de áudio e vídeo de quem esteve no condomínio na sua ausência e assisti-la. Você poderá também atender suas visitas através de smartphone com um simples toque, monitorando câmeras do condomínio de dentro de seu apartamento e muito mais.
  • Câmeras e Gravadores (CFTV): Com estes equipamentos a segurança de seu patrimônio e funcionários (no caso de condomínio empresarial) se dá através do monitoramento por câmeras de segurança, tendo acesso ao vivo das imagens de diversos ambientes dentro do condomínio.
  • Iluminação: luminárias em corredores, escadas e blocos que iluminam ambientes maiores, como estacionamentos são o diferencial, e ajudam até em falta de energia.
  • Sistema de Alarme de incêndio: Este sistema detecta com exatidão o local onde se iniciou o incêndio, sendo ideal para ambientes grandes e auxiliando na prevenção de acidentes.
  • Cerca elétrica: é uma proteção ostensiva através de choque, porém segue as normas de segurança para que não cause danos graves a pessoas e animais.
  • Alarmes e sensores convencionais: utilizados para monitorar e prevenir movimentações suspeitas. Este equipamento costuma “conversar” com outros, de forma que as luzes e outros equipamentos sejam acionados quando houver suspeitas.
  • Radiocomunicadores: Muito utilizado por funcionários é conhecido como Walk Talk, para que se mantenham em comunicação durante todo o turno de trabalho, podendo agir em qualquer suspeita.
Se você gostou deste artigo e encontrou a resposta para solucionar algum problema de segurança em seu condomínio, continue acompanhando nosso blog.

Aqui disponibilizamos conteúdos sobre produtos que se destacam no mercado, proporcionando sempre segurança a você. Acesse o nosso site e conheça mais sobre os produtos e kits deste artigo.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »