20/03/2020 às 16h05min - Atualizada em 20/03/2020 às 16h05min

Rivais do Flamengo, jornais equatorianos enaltecem duelos com grandes do país

Assessoria de Imprensa
Foto: Alexandre Vidal
As notícias do Flamengo têm sido recorrentes nos veículos de imprensa equatorianos nos últimos tempos. Em 2019, um dos confrontos mais difíceis do atual campeão da Taça Libertadores foi contra um time do país, o Emelec.
 
Em 2020, o rubro negro tem dois rivais do país já na fase de grupos: o Barcelona de Guayaquil — de quem ganhou de 3 x 0 na segunda rodada em casa — e o Independiente del Valle, time que ostenta a primeira posição do grupo com melhor saldo de gols que os cariocas.
 
Porém, o mesmo time perdeu a final da Recopa Sul-Americana para time de Jorge Jesus, sendo derrotado por 3 x 0 no Maracanã.
 
O jornal El Comercio aponta que o Independiente del Valle desafia o poderio econômico do Flamengo e não esconde a força do caro elenco do time brasileiro.
 
Na vitória contra o Barcelona de Guayaquil, o jornal conta como os brasileiros, ostentando o status de atual campeão da competição, dominaram o jogo do início ao fim, marcando três gols e podendo ter feito um placar maior.
 
Ao mesmo tempo, levantam a bola do Independiente del Valle, que derrotou o compatriota Barcelona pelo mesmo placar, porém fora de casa — um feito mais difícil de ser concretizado.
 
No caso do La Nación, há uma exaltação ao espírito “copeiro” — time que ganha fora de casa — do Independiente del Valle com muita valorização do trabalho realizado técnico espanhol, Miguel Ángel Ramírez que desbancou o Corinthians em plena Arena nas semi-finais da Copa Sul-Americana no ano passado.
 
Seu estilo de jogo rápido funcionou diversas vezes como visitante. Ao mesmo tempo, vê o Flamengo como principal candidato ao título pela sua força financeira e pelos feitos dentro de campo nos últimos tempos.
 
O jornal El Universo, o Flamengo é bastante exaltado, principalmente na vitória contra o Barcelona de Guayaquil, reitera que o time defende o título da Taça Libertadores e que mostrou muita superioridade do início ao fim do duelo.
 
Apesar de não deixar barato o fato que o ataque perde muitos gols, ressalta o vigor com que os cariocas atacam, elogia Bruno Henrique, Gabigol e o uruguaio Arrascaeta, o principal destaque da equipe é dado a Éverton Ribeiro.
 
Com a partida adiada em virtude do coronavírus, o duelo ganha mais dias para especulações e preparação por parte dos. O Flamengo é o grande favorito, porém o time do Del Valle pode muito bem surpreender com a inteligência de seu treinador, o espírito guerreiro e a vingança pela final da Recopa. De qualquer forma, a partida promete ser um grande espetáculo.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »