15/03/2018 às 15h28min - Atualizada em 15/03/2018 às 15h28min

Câmara de Salmourão pretende revisar salários de vereadores e servidores do legislativo

AtaNews
Câmara Municipal de Salmourão - Foto: Lucas Reis
Durante a realização da 2ª Sessão Legislativa Ordinária do ano de 2018, realizada na noite da última segunda-feira (12), foram apresentados dois projetos de autoria da mesa diretora do legislativo municipal que concedem reajustes de salários aos servidores e também aumentam os subsídios dos vereadores e do presidente da câmara de Salmourão.

Caso os projetos 05/2018 e 06/2018 sejam aprovados, os servidores contarão com um reajuste de 6,80% e os vereadores, juntamente com o presidente da casa terão seus salários (subsídios) aumentados em 2,84%, que, de acordo com o próprio projeto seriam para repor a inflação acumulada nos últimos doze meses, conforme dados do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Diante da aprovação, os valores referentes a salários e subsídios, podem ultrapassar o índice de 75% de todo o duodécimo recebido como forma de receita da câmara pelo poder executivo municipal. No ano de 2017, a câmara gastou com salários de vereadores e servidores, o montante de R$ R$ 444.647,01, o que representou cerca de 72% de toda a despesa executada pelo legislativo. Veja o resumo dos gastos do ano de 2017 clicando aqui!

O aumento de despesas de qualquer natureza por parte do poder legislativo acarreta uma devolução de recursos menor aos municípios no final de cada exercício, sendo que 2017, foi um dos anos em que a câmara de Salmourão menos devolveu dinheiro aos cofres do executivo, que foi reembolsado em pouco mais de R$ 84 mil reais a título de devolução realizada em duas etapas.

Os dois projetos estão agora em fase de análise e serão votados nas próximas sessões, onde os edis irão decidir sobre a aprovação ou não das matérias em questão. Como a população teve sua voz calada no segundo semestre do ano passado, após a câmara rejeitar o projeto de resolução que regulamentava a "Tribuna Livre", depois de parte dos vereadores "rejeitar" o projeto, o AtaNews abre espaço para a opinião popular sobre estes projetos que são muito "importantes e necessários" para o desenvolvimento do município.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »