12/03/2020 às 14h33min - Atualizada em 12/03/2020 às 14h33min

Estou com coronavírus, e agora?

Isolamento domiciliar é adequado quando o caso não é grave

Governo do Brasil
Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar ajuda médica imediata para confirmar o diagnóstico e iniciar os cuidados. - Foto ilustrativa.
O Brasil já tem casos confirmados de circulação ativa do coronavírus. Fica a pergunta: se eu pegar ou já tiver o diagnóstico positivo para coronavírus, o que fazer? Qual tratamento?

É importante saber que não existe tratamento específico para infecções causadas por essa doença. No caso do coronavírus, é indicado repouso e beber bastante água. Também deve-se adotar medidas para aliviar os sintomas, conforme cada caso. São exemplos:

- Uso de medicamento para dor e febre (antitérmicos e analgésicos).
- Uso de umidificador no quarto ou tomar banho quente para auxiliar no alívio da dor de garganta e tosse.


Assim que os primeiros sintomas surgirem, é fundamental procurar uma unidade de saúde para confirmar o diagnóstico e iniciar os cuidados. Após a confirmação, os casos graves devem ser encaminhados a um Hospital de Referência para isolamento e tratamento. Os casos leves devem ser acompanhados pela Atenção Primária em Saúde (APS) e instituídas medidas de isolamento domiciliar.

Segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o isolamento domiciliar do paciente, em qualquer cidade, é o mais recomendado. "Levar essas pessoas [infectadas] para dentro de um ambiente hospitalar, somente quando apresentam quadro respiratório grave. E não levar pessoas que estão com um resfriado, um quadro com bom estado geral, se alimentando, conversando, com febre baixa, que pode usar um antitérmico. Se houver piora no quadro clínico, ai sim ele é levado para um ambiente hospitalar", destacou.

O isolamento domiciliar nada mais é do que ficar recluso em casa até que todos os sintomas desapareçam. Se morar com outras pessoas, o ideal é que o paciente evite contato com elas ficando sozinho em algum quarto, não compartilhando talheres e lavando a roupa separadamente.

Se você ficou doente com febre, tosse ou dificuldade de respirar, procure atendimento médico imediatamente. Se for o caso, informe detalhadamente se fez viagens ao para locais com circulação ativa do vírus nos últimos 14 dias ou se teve contato com casos confirmados para o coronavírus.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »