03/03/2020 às 15h04min - Atualizada em 03/03/2020 às 15h04min

Os acessórios mais famosos da TV e do cinema

Conheça os objetos que foram tão marcantes quando as personagens que os usaram

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Às vezes, uma obra é tão marcante que até certos objetos utilizados nela ficam marcados em nossa memória.
 
É impossível pensar de Star Wars sem lembrar dos espetaculares sabres de luz,  ou, em meio a tiroteios, da elegância marcante dos relógios de James Bond, por exemplo.
 
Por isso, separamos uma listinha com alguns dos apetrechos mais memoráveis da história da TV e do cinema. Confira:
 

Guarda-chuva em “Cantando na chuva” (1952)

Avaliado como um dos filmes mais icônicos da história das telonas, “Cantando na Chuva” certamente marcou uma geração. A cena com Don Lockwood, interpretado por Gene Kelly, dançando e cantando com seu guarda-chuva entoando a icônica música “Singin’ In The Rain” a plenos pulmões, é uma das mais célebres dos musicais.
 

Pião em “A Origem” (2010)

A obra prima de Christopher Nolan não poderia ficar de fora da lista. O pião é um dos apetrechos usados por aqueles que visitam o mundo dos sonhos para saber se está no mundo real.
 
Cada um na equipe liderada por Leonardo DiCaprio tem o seu totem próprio.
 
Seu final, sem explicação concreta até os dias de hoje, deixou muita gente se perguntando se o pião pararia ou não de girar.
 

Anel de “Senhor dos Anéis” (2001-2003)

Objeto mais desejado da Terra Média, o anel é um dos maiores, senão o principal, destaques da trilogia que conquistou incríveis 17 Oscars.
 
É só mencionar o objeto que o excêntrico Smeagol e sua frase característica - “my precious” - já surge no nosso imaginário.
 

Bola Wilson em “Náufrago” (2000)

No filme interpretado por Tom Hanks, o náufrago Chuck Noland acaba sentindo-se muito só na ilha deserta do Oceano Pacífico.
 
Para lhe fazer companhia, acaba inventando um amigo a partir de uma bola de vôlei da marca esportiva Wilson, que acabou sendo a referência para a denominação do “companheiro”.
 

Carteira de Jules Winnfield em “Pulp Fiction: Tempo de Violência” (1994)

Excêntrico, o personagem Jules Winnfield encarnou cenas marcantes ao lado de sua dupla Vincent Vega. De certa maneira sofisticada, ambos desenvolvem discussões cômicas, como se uma massagem de pé é considerada como traição ou não, e pertinentes ao enredo estonteante da obra.
 
Para acompanhar a personalidade de Jules, sua carteira também não é nada comum, trazendo os dizeres “Bad Motherfucker” e aparecendo, com destaque, na cena final do filme.
 

Tênis da Nike de Marty McFly, “De Volta Para o Futuro 2”1989

Quem não gostaria de um tênis que se amarra sozinho, não é mesmo? É o caso do par usado por Marty McFly no segundo filme da trilogia geek.
 
Embarcando nas comemorações de aniversário da saga, a norte-americana Nike transformou a ficção em realidade: no ano de 2016 foi apresentado o modelo Nike HyperAdapt 1.0, utilizando estrelas, como o jogador Cristiano Ronaldo, para realizar a divulgação.
Os preços, entretanto, são altos, chegando aos R$ 3,5 mil por par.
 

Chapéu de Heisenberg em “Breaking Bad” (2008-2013)

Celebrado como um dos maiores personagens de todos os tempos, o simplório professor de química Walter White transformava completamente sua personalidade ao assumir a alcunha de Heisenberg, um destemido traficante de metanfetamina - sua real identidade, por sua vez, ficava protegida.
 
O nome foi escolhido como uma maneira de homenagear o físico teórico alemão Werner Heisenberg, vencedor do Nobel de Física em 1932.
 
A transição efervescente de Walter para Heisenberg só está completa quando o personagem coloca seu icônico chapéu Pork Pie Preto. “Say. My. Name”.
 

Moldura para porta de Friends (1994-2004)

Uma das séries mais assistidas do mundo, mesmo após 15 anos do capítulo final, Friends possui vários objetos icônicos que cercam a vida do grupo de amigos nova-iorquinos.
 
Entretanto, nenhum artigo supera a discreta e charmosa moldura que circunda o olho mágico na porta de entrada do apartamento de Monica Geller. O objeto fez parte das incríveis dez temporadas, estando presente em cada um dos episódios.
 
 

Caneca de “The Office” (2005-2013)

Michael Scott, gerente de uma filial da empresa fabricante de papel Dunder Mifflin, certamente rendeu muitas risadas ao longo de suas aparições nas sete temporadas. O personagem, representado por Steve Carell, atuou como protagonista da série.
 
Extremamente egocêntrico, caricato e fazendo de tudo para chamar a atenção, o personagem se deu de presente uma caneca com o humilde dizer “Melhor chefe do mundo”.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »