27/02/2020 às 11h16min - Atualizada em 27/02/2020 às 11h16min

Luxemburgo comanda treino coletivo visando clássico contra Santos

Palmeiras FC
O elenco palestrino participou de um coletivo na tarde desta quarta-feira (26). ( Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
O Palmeiras deu sequência na tarde desta quarta-feira (26), na Academia de Futebol, à preparação ao duelo com o Santos, no sábado (29), às 16h, no estádio do Pacaembu, pela oitava rodada do Campeonato Paulista.

O técnico Vanderlei Luxemburgo comandou um treino coletivo e esboçou a provável escalação titular com Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Gustavo Gómez e Viña; Bruno Henrique, Zé Rafael e Raphael Veiga; Dudu, Luiz Adriano e Willian.

Os reservas foram Jailson; Emerson Santos, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Patrick de Paula, Ramires e Lucas Lima; Gustavo Scarpa, Gabriel Veron e Rony.

O lateral-direito Marcos Rocha, fora desde a vitória sobre a Ponte Preta, no dia 8 de fevereiro, por conta de um trauma, fez transição física na parte interna do centro de excelência e no gramado. O também lateral Mayke cumpriu seu cronograma na sala de musculação.

O Verdão volta a trabalhar na tarde desta quinta (27), às 16h. Às 14h, o atacante Rony será apresentado. Um dos destaques do Athletico-PR nas últimas duas temporadas, conquistando os títulos da Copa Sul-Americana de 2018 e da Copa do Brasil de 2019, o jogador de 24 anos é o segundo reforço alviverde no ano e assinou contrato até dezembro de 2024.

Nascido na cidade de Magalhães Barata, no Pará, o atacante de velocidade atua pelas beiradas do campo e começou sua carreira profissional no Remo, onde foi bicampeão paraense em 2014 e 2015. Após passagem pela base do Cruzeiro, foi emprestado ao Náutico em 2016 e terminou o ano como principal destaque da equipe – anotou 11 gols na Série B do Brasileiro.

O bom desempenho lhe rendeu uma transferência ao Albirex Niigata, do Japão, clube que defendeu entre 2017 e 2018. Na volta ao Brasil, manteve a ascensão no Athletico-PR e conquistou o título da Sul-Americana de 2018 em seu primeiro ano (saiu do banco de reservas e entrou nos oito jogos, tendo anotado um dos gols na semifinal).

Em 2019, tornou-se peça chave da equipe paranaense. Campeão da Copa do Brasil, foi titular em todos os jogos da campanha e marcou o gol do título contra o Internacional na decisão. Na temporada passada também foi campeão da Copa Suruga, no Japão.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »