26/02/2020 às 10h24min - Atualizada em 26/02/2020 às 10h24min

Entenda quais são as principais siglas financeiras

Conhecer as siglas financeiras é importante para realizar melhores investimentos e cuidar bem das finanças

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Se você está começando a investir ou tentando lidar melhor com as próprias economias, já deve ter reparado que o mercado financeiro está cheio de siglas. É preciso ter uma boa educação financeira para saber o que cada uma delas significa. Para lhe ajudar, vamos falar sobre as principais características neste artigo.
 
Conhecer todas as abreviações é essencial para saber como investir e conseguir acompanhar o mercado financeiro. Assim, você pode entender os indicadores para realizar suas aplicações e pensar em maneiras de usar melhor o seu dinheiro.
 
Confira abaixo a nossa lista com as principais abreviaturas financeiras que você precisa conhecer:
 

TR (taxa referencial)

 
A taxa referencial é usada para realizar o cálculo de rendimentos da poupança, pagamentos de remuneração relacionados ao FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço) e para indexar os valores de contratos de financiamento imobiliário e empréstimos.
 

Taxa Selic

 
A Taxa Selic é a taxa básica de juros da economia brasileira. Ela é um referencial para o controle da inflação. Executivos do Banco Central usam a Selic para controlar a inflação, conter a alta de preços e monitorar as taxas de juros de financiamentos e empréstimos.
 
A Selic também é importantíssima para investimentos. Existe, inclusive, títulos de renda fixa com o seu nome, como o Tesouro Selic, disponível no Tesouro Direto. Muitos investimentos de renda fixa tem seu rendimento atrelado à taxa Selic.
 

IPCA (Índice de Preço ao Consumidor Amplo)

 
O IPCA é o índice oficial da inflação no Brasil. Esse índice também atua como indexador de taxas em investimentos de renda fixa. O Tesouro Direto comercializa títulos como o Tesouro IPCA+. Há ainda debêntures que utilizam o índice para definir sua rentabilidade.
 
Esse índice tem como função principal ser um indexador de preços dos principais produtos consumidos no país. O intuito é atuar no controle da inflação e evitar uma alta brusca no preço de produtos essenciais para a população brasileira.
 

CDB (Certificado de Depósito Bancário)

 
O CDB é um tipo de investimento em renda fixa.  Diferente de títulos públicos, ao investir em um CDB, você está colocando dinheiro em um título privado. Na prática, você empresta dinheiro ao banco que te devolve com juros na data de vencimento do título.
 

CDI (Certificado de Depósito Interbancário)

 
Semelhante ao CDB, o CDI é um tipo de investimento de renda fixa, a diferença é que ele acontece entre bancos, que emprestam dinheiro uns aos outros. De acordo com o rendimento diário, os bancos costumam fazer empréstimos entre si para equilibrar as contas.
 
Quando falamos que o CDB está rendendo 100% do CDI, queremos dizemos que o rendimento do CDB está rendendo no nível da taxa atual do CDI.
 

LC (Letra de Câmbio)

 
A LC é um tipo de investimento semelhante a um CDB. O título também é privado, a diferença é que o dinheiro investido não é emprestado para o banco e sim para uma financeira.
 
Essas financeiras, assim como os bancos, fazem o dinheiro emprestado render e pagam o montante investido com juros na data de vencimento do título.
 

FGC (Fundo Garantidor de Crédito)

 
Quando você realiza investimentos em bancos, financeiras e corretoras de valores, você provavelmente já se deparou com a frase: “o CDB é garantido pelo FGC”. O Fundo Garantidor de Crédito é uma instituição financeira sem fins lucrativos, mantida pelos próprios bancos.
 
As instituições financeiras ligadas ao FGC fazem contribuições mensais para que o sistema se mantenha seguro. O Fundo serve para que em caso de falência, o banco possa pagar toda ou boa parte de suas dívidas.
 
Caso seu banco venha a falir, você receberá uma remuneração do título com juros até o limite de 250 mil reais por CPF. Assim, o investidor não perde, pelo menos, boa parte de sua carteira de investimentos.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »