13/02/2020 às 17h32min - Atualizada em 13/02/2020 às 17h32min

Temperatura na Antártida ultrapassa os 20°C pela primeira vez e preocupa cientistas

MEIO AMBIENTE

HISTORY
Pela primeira vez, temperaturas acima dos 20°C foram registradas na Antártida. Os dados foram coletados por cientistas brasileiros do Projeto Terrantar. A região armazena cerca de 70% da água doce do mundo na forma de neve e gelo. Seu derretimento resultaria em um cenário catastrófico, com o nível do mar subindo entre 50 e 60 metros dentro de algumas gerações.

Segundo os pesquisadores, a temperatura na Ilha Seymour, situada na Península Antártica, atingiu 20,75°C no dia 9 de fevereiro de 2020. O recorde anterior era de 19,8°C, registrado em 1982 na Ilha Signy. Os registros ainda precisam ser confirmados pela Organização Meteorológica Mundial.

Os cientistas classificaram o recorde de temperatura como "incrível e anormal". "Observamos uma tendência de aquecimento em muitos dos locais que estamos monitorando, mas nunca vimos nada parecido com isso", disse Carlos Schaefer, que trabalha no Terrantar. O projeto do governo brasileiro  monitora o impacto das mudanças climáticas no solos gelados e na biologia da Antártida.

De acordo com Schaefer, a temperatura da península, das Ilhas Shetland do Sul e do arquipélago de James Ross apresenta irregularidades nos últimos 20 anos. Após um resfriamento na primeira década deste século, houve um rápido aquecimento na região. Os cientistas brasileiros acreditam que essas variações podem estar relacionadas ao EL Niño, fenômeno caracterizado pelo aquecimento anormal das águas superficiais do Oceano Pacífico.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »