12/03/2018 às 14h25min - Atualizada em 12/03/2018 às 14h25min

Mercedes ainda não sabe seu ritmo de classificação

Por Fernando Santos
F1 Mania
Foto: AFP Photo / Jose Jordan
Peça chave para garantir um bom início de corrida, a classificação foi um diferencial da equipe alemã por bastante tempo, mas neste ano ainda não se sabe o real potencial do carro do time.

A caminho do primeiro grande prêmio da temporada 2018 de Fórmula 1, o piloto da Mercedes, Valtteri Bottas, diz que o ritmo de classificação da equipe ainda é desconhecido.

O colega do finlandês Bottas, Lewis Hamilton, definiu o tempo mais rápido da Mercedes em duas semanas de testes em Barcelona, ​​mas foi mais lento do que a Ferrari de Sebastian Vettel, e Bottas ficou um décimo atrás.

No entanto, a Mercedes ficou no topo durante as simulações de corrida em Barcelona, mas Bottas diz que ainda não existe uma real certeza a respeito do ritmo verdadeiro do carro da equipe alemã.

“As corridas longas e simulações de corrida foram muito positivas. Nós não pensamos que estamos de qualquer maneira perto de um segundo à frente de todos – esse não é o caso. Para nós, tenho que dizer que o puro ritmo de uma volta é desconhecido, mas acho que vamos descobrir em algumas semanas”, disse o finlandês.

Bottas ainda falou que a Mercedes não “sentiu a necessidade de ir ao máximo absoluto” e confia que o novo carro reagirá bem a qualificação.

“Nós sabemos que, uma vez que tudo está certo, as configurações de qualificação e tudo, mostrarão o quão rápido o carro está. Nós tentamos maximizar a aprendizagem, ter configurações consistentes ou configurações diferentes e focamos em nós mesmos em vez de tabelas”, diz o piloto.

A Mercedes optou por um teste discreto, em termos de tempos de voltas, apesar disso, Bottas disse ter aprendido muito sobre as perspectivas competitivas do carro de 2018.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »