15/01/2020 às 10h27min - Atualizada em 15/01/2020 às 10h27min

EUA formalizam apoio à candidatura do Brasil a uma vaga na OCDE

A embaixada americana divulgou nota em apoio a entrada do Brasil na OCDE e o pedido formal já foi enviado.

MBL NEWS
Presidente dos EUA, Donald Trump, com o presidente do Brasil Jair Bolsonaro
Nesta terça-feira (14), a embaixada dos Estados Unidos em Brasília divulgou uma nota oficial de apoio do Governo de Donald Trump a entrada do Brasil na Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O pedido formal dos EUA já foi enviado à OCDE. O Itamaraty e o Ministério da Economia já confirmaram terem sido notificados sobre o comunicado.

Após o anúncio, o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Ernesto Araújo, afirmou em sua conta oficial do Twitter rede social que a decisão americana demonstra “uma parceria sólida” na relação Brasil-EUA, “capaz de gerar resultados de curto, médio e longo prazo”. Assessores do ministro da Economia, Paulo Guedes, informam que a partir desse comunicado, o Brasil passará a ser a prioridade do Governo norte-americano para aderir à OCDE.

Em outubro, o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, enviou uma carta à OCDE manifestando apoio apenas à entrada da Argentina e da Romênia na organização, o que gerou desconforto para o Governo de Jair Bolsonaro. O Brasil havia aberto mão de sua posição privilegiada junto à Organização Mundial do Comércio (OMC) em troca do apoio dos EUA, que não veio naquele momento. Contudo, com a ascensão do peronista Alberto Fernández na Argentina, os “hermanos” perderam a prioridade.

Confira a nota da embaixada americana na íntegra:

“Os Estados Unidos querem que o Brasil seja o próximo país a iniciar o processo de acessão à Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). O governo brasileiro está trabalhando para alinhar suas políticas econômicas ao padrão da OCDE, enquanto prioriza a acessão à OCDE para reforçar as reformas econômicas.

“A Declaração Conjunta do presidente Trump e do presidente Bolsonaro, em março de 2019, claramente afirma o apoio dos Estados Unidos ao início do processo de acessão do Brasil como membro pleno da OCDE, e comemora os esforços contínuos do Brasil em relação às reformas econômicas, às melhores práticas e a um marco regulatório em linha com os padrões da OCDE.

“Nossa decisão de priorizar a candidatura do Brasil, agora, como próximo país a iniciar o processo é uma evolução natural do nosso compromisso, como reafirmado pelo secretário de Estado [Mike Pompeo] e pelo presidente Trump em outubro de 2019″.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »