09/03/2018 às 11h24min - Atualizada em 09/03/2018 às 11h24min

Kimi Raikkonen lidera última manhã marcada por mais uma quebra da McLaren

Por Victor D. Berto
F1 Mania
Foto: AFP Photo / Lluis Gene
“Motor… cinco voltas” foram as palavras de Fernando Alonso enquanto caminhava de volta ao centro de hospitalidade da McLaren depois de quebrar na última manhã de testes. Depois de Stoffel Vandoorne completar mais de 150 voltas na quinta-feira, Alonso esperava um último dia produtivo de testes. Isto, porém, não aconteceu.

O MCL33 do espanhol propulsionado pela Renault quebrou na Curva 7 depois de apenas cinco voltas, causando a primeira bandeira vermelha do dia. Seu carro foi levado de volta aos boxes em um guincho-plataforma com Alonso dizendo que foi o “motor” que causou o problema.

Alonso não conseguiu voltar para a pista ainda uma vez que sua McLaren precisa receber um novo motor depois de uma falha no turbo. Enquanto isso Charles Leclerc admitiu a culpa por causar a segunda bandeira vermelha do dia. Ele acertou a barreira na Curva 11, danificando sua Sauber e as barreiras.

Leclerc admitiu que foi um erro que o colocou no muro. “Nós encontramos a brita e o muro”, postou a Sauber em sua conta oficial no ‘Twitter’. “A equipe está trabalhando duro para colocar o carro de volta na pista”.

Na pista foi Kimi Raikkonen que continuou o bom trabalho de ontem de Sebastian Vettel, usando os pneus hipermacios cravou 1:17:221 antes do almoço.

Não fosse o tempo de Vettel (1:17:182) da quinta-feira, o tempo de Raikkonen seria um recorde. Romain Grosjean foi segundo pela Haas, repetindo o feito de Kevin Magnussen do dia anterior. Ele cravou 1:18:590 nos pneus supermacios.

Brendon Hartley foi terceiro à frente de Lewis Hamilton. O britânico completou 97 voltas pela Mercedes e postou no ‘Twitter’: “Estou realmente orgulhoso de todos vocês. Ansioso por levar nosso carro para Melbourne!”

Esteban Ocon foi o quinto mais rápido à frente de Sergey Sirotkin, Daniel Ricciardo e Leclerc.

Alonso e Carlos Sainz não registraram tempo, com o segundo espanhol ficando preso na garagem por conta de um problema na caixa de câmbio do seu Renault RS18.

Os testes da pré-temporada 2018 de Fórmula 1 serão encerrados nesta tarde em Barcelona.

Confira os tempos desta manhã de último dia de testes:

1) Kimi Räikkönen (FIN/Ferrari), 1:17.221 – 66 voltas
2) Romain Grosjean (FRA/Haas F1), 1:18.590 – 77
3) Brendon Hartley (NZL/Toro Rosso), 1:18.949 – 91
4) Lewis Hamilton (ING/Mercedes), 1:19.464 – 97
5) Esteban Ocon (FRA/Force India), 1:19.667 – 61
6) Sergey Sirotkin (RUS/Williams), 1:20.250 – 72
7) Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull Racing), 1:20.275 – 47
8) Charles Leclerc (MON/Sauber), 1:20.878 – 18
9) Fernando Alonso (ESP/McLaren), s/tempo – 7
10) Carlos Sainz Jr. (ESP/Renault), s/tempo – 4

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »