06/01/2020 às 09h03min - Atualizada em 06/01/2020 às 09h03min

Tubarão branco encalhado em praia é chutado por abusadores que tiram selfies com o animal

Ao chegar no local em que o chamado para o resgate do animal foi feito a polícia e o departamento de conservação já encontraram o tubarão morto

Assessoria de Imprensa, Anda
Um grande tubarão branco encontrado morto em uma praia teria sido chutado por um grupo de homens que ainda tiraram selfies com o animal moribundo.

Imagens capturadas na praia de Orewa, em Auckland, na Nova Zelândia, mostraram um salva-vidas e banhistas tentando arrastar o tubarão de volta para águas mais profundas, apenas para descobrir que ele estava morto.

Testemunhas na praia disseram que um grupo de homens foi visto chutando o tubarão na mandíbula e rindo enquanto o animal jazia ferido na areia sem ajudá-lo, informou o site de notícias neozelandês Stuff.

Os banhistas horrorizados tentaram intervir e impedir a brutalidade do grupo, mas os homens se tornaram “excepcionalmente intimidadores”, informou a publicação.

“A polícia e o Departamento de Conservação chegaram ao local enquanto outros banhistas tentavam puxar o tubarão de volta à água”, disse a testemunha.

“O grupo de homens deu detalhes falsos à polícia e se juntou ao grupo maior de pessoas que cercavam o animal”.

Um porta-voz da polícia confirmou que eles haviam recebido relatos de que o animal havia sido arrastado para a praia e chutado repetidamente.


Os salva-vidas então tentaram arrastar o tubarão de volta para águas mais profundas, na esperança de salvá-lo, mas notaram que o animal não estava se movendo.

Pouco depois, o tubarão foi levado de volta à praia e confirmado como morto.

Acredita-se que o tubarão branco ficou preso em uma rede de emalhar usada para capturar peixes.

Os grandes tubarões brancos estão protegidos nas águas da Nova Zelândia sob uma legislação que aplica uma multa máxima de 250 mil dólares e seis meses de prisão para quem mata o representante da vida marinha. As informações são do Daily Mail.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »