05/12/2019 às 15h30min - Atualizada em 05/12/2019 às 15h30min

4 filmes que inspiram viagens

É possível começar a viajar mesmo sentado no sofá. Aproveite histórias de viajantes para planejar os seus próximos passeios

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Muitos roteiros de filmes usam a locomoção de seus personagens como elemento-chave para contar uma história. O simples fato de estar em um lugar novo pode causar consequências das mais imprevisíveis em uma pessoa, e isso se revela tanto na ficção quanto na realidade.  
 
Algumas das obras mais famosas nessa temática que conhecemos são Forrest Gump, Diários de uma motocicleta, Antes do Amanhecer e Comer, Amar e rezar. Mesmo com personagens e desenvolvimentos totalmente diferentes, essas obras têm em comum jornadas de transformação motivadas pelo desejo de percorrer um caminho desconhecido. 
 
Quando sabemos que estamos precisando sair de férias e quebrar a rotina, pode ser muito difícil dar o primeiro passo para realizar uma viagem. Por isso, um bom planejamento costuma ser o fator diferencial para que tudo ocorra bem. Mas, além disso, é só aquele desejo inominável que faz com que a gente realmente saia da zona de conforto e se jogue em um universo que está do lado de lá da porta da nossa casa. 
 
Afinal, quando sabemos pouco sobre os pontos turísticos e a história de um local, fica difícil de imaginar como será a estadia. Mesmo que você já tenha ouvido falar de uma cidade, ela fica muito mais atrativa quando, antes de conhecê-la, você é apresentado aos seus pontos imperdíveis — e únicos. 
 
Antes desse “clique” acontecer, ter conversas, livros, filmes e referências inspiradoras pode ser um adicional muito importante para chegarmos cada vez mais perto do plano e do lugar perfeito. 
 
Para semear esse terreno, nós selecionamos 4 longas-metragens que vão fazer você querer pular do sofá na hora dos créditos e correr pra perto dos seus sonhos. São filmes que, de uma maneira ou outra, nos lembram como pode ser rica a experiência de caminhar respirando novos ares, cores, cheiros e sabores. 
 
Depois disso, é só preparar a caneta e o papel, fazer seu check-list antes de cair na estrada e voilà, você será o personagem principal do seu próprio filme!
 

Encontros e Desencontros (2003), de Sofia Coppola 
 
A cidade é Tóquio. Charlotte (Scarlett Johansson) e Bob (Bill Murray) estão ali por motivos completamente divergentes. Ela está acompanhando seu marido, que é fotógrafo de celebridades e ele é uma estrela de cinema. 
 
Como Charlotte é deixada sozinha o tempo todo por seu companheiro, acaba conhecendo Bob no bar do local em que estão hospedados. Igualmente confusos e desorientados por serem estrangeiros em uma cidade global e movimentada, eles passam a circular pelas ruas e conhecer cada vez mais suas estranhezas e melancolias. 
 
O filme revela as peculiaridades culturais de uma cidade exótica que faz muitas pessoas se perderem de si. 
 

Antes de Amanhecer (1995), Antes do Pôr do Sol (2004) e Antes da Meia-Noite (2013), de Richard Linklater
 
Nessa trilogia, os protagonistas, que são americanos, estão sempre em uma viagem e a trama é inspirada em uma história real. 
 
No primeiro filme, Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy) se conhecem em um trem e decidem partir rumo à Viena, onde passam a noite juntos. Lá, combinam de se encontrar no mesmo local seis meses depois. Já na segunda parte, o casal se encontra em Paris e na terceira, estão na Grécia. 
 
Little Miss Sunshine (2006), de Jonathan Dayton e Valerie Faris
 
A bordo de uma kombi, a família de Olive (Abigail Breslin) tenta encontrar maneiras de lidar com as enormes diferenças que os membros têm entre si. O objetivo final é realizar o sonho de Olive, que foi classificada para um concurso de beleza na Califórnia. A divertida e surpreendente história acontece inicialmente em Novo México, nos Estados Unidos.
 
Livre (2014), de Jean-Marc Vallée
 
A aventura começa após a protagonista ter passado pelos eventos dramáticos da perda da mãe e de um divórcio complicado. Cheryl Strayed (Reese Witherspoon) se vê desorientada, e o desafio de atravessar sozinha e a pé uma trilha de mais de mil milhas que se encontra na costa do Oceano Pacífico é seu único objetivo para tentar colocar a cabeça no lugar. 
 
Esse é um filme que vai à contramão da predominância de figuras masculinas em filmes de viagem. 
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »