15/10/2019 às 08h15min - Atualizada em 15/10/2019 às 08h15min

Seminário de saúde mental reflete sobre mudanças no sistema manicomial

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Nesta sexta-feira (11) foi realizado o último dia do 2º Seminário Saúde Mental: Tecendo a RAPS em Araçatuba, que teve início na quinta-feira (10) e foi promovido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) e pela Associação das Senhoras Cristãs Benedita Fernandes. O encontro ocorreu na Sala de Convenções da Unip Araçatuba (Universidade Paulista) e foi aberto ao público.

A vice-prefeita Edna Flor esteve presente na manhã desta sexta-feira (11) e falou sobre a escolha do tema. “O nome do encontro foi muito bem escolhido, porque é preciso que a gente teça verdadeiramente novas relações e que continuemos tecendo amor, gratidão e respeito. É preciso continuar crescendo nesse grande tear que é a nossa esperança de um mundo melhor”, disse.

Segundo a chefe da divisão de Saúde Mental de Araçatuba, Alessandra Pedroso Mendes, “O seminário de saúde mental é de extrema importância para reforçar a necessidade de mudança do sistema manicomial, por meio da divulgação da rede de atenção psicossocial, incentivando a parceria dos serviços, de outros municípios, em um momento único de troca de saberes”, explicou.

A programação contou com apresentações culturais, coffee breaks, palestras com especialistas da área da saúde mental sobre a Raps (Rede de Atenção Psicossocial), tratando as estruturas Ceaps (Centro Especializado em Atenção Psicossocial), Caps (Centros de Atenção Psicossocial) nas variações ad (álcool e drogas), ij (infanto-juvenil) e III (adulto) e SRT – Serviços de Residência Terapêutica.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »