05/03/2018 às 10h00min - Atualizada em 05/03/2018 às 10h00min

Oscar consagra 'A Forma da Água' em festa que teve mulheres e América Latina em alta

Cena de ‘A Forma da Água’, vencedor de 4 Oscars. ( Foto: Divulgação)

O romance fantástico ‘A Forma da Água’, de Guillermo Del Toro, foi o grande vencedor do Oscar 2018. O longa levou quatro troféus: melhor filme, melhor direção, melhor trilha sonora original e melhor design de produção.
 

Entre os outros principais candidatos, ‘Três Anúncios Para um Crime’ ficou com os prêmios de melhor atriz para Frances McDormand e melhor ator coadjuvante para Sam Rockwell, enquanto ‘Corra!’ foi eleito o melhor roteiro original. O épico ‘Dunkirk’ venceu três categorias técnicas: melhor edição de som, melhor mixagem de som e melhor montagem.

Como era esperado, Gary Oldman recebeu o primeiro Oscar da carreira, pelo retrato do primeiro-ministro britânico Winston Churchill em ‘O Destino de Uma Nação’ e Allison Janney foi escolhida a melhor atriz coadjuvante pela mãe abusiva de ‘Eu, Tonya’.

A noite também teve um gosto especial para a América Latina. O chileno ‘Uma Mulher Fantástica’, sobre uma mulher trans lidando com a perda do namorado mais velho, ganhou o Oscar de melhor filme estrangeiro. ‘Viva – A Vida é Uma Festa’, desenho da Disney/Pixar que homenageia a cultura mexicana, levou os prêmios de melhor animação e melhor canção original.

E vale lembrar que Del Toro é o terceiro cineasta mexicano a levar o Oscar de melhor diretor nos últimos cinco anos, depois de Alfonso Cuáron (por ‘Gravidade’) e Alejandro G. Iñarritu (bicampeão por ‘Birdman’ e ‘O Regresso’). Num momento em que a presidência dos EUA é ocupada por Donald Trump, que em sua campanha prometeu construir um muro entre seu país e o vizinho México, não deixa de ser simbólico.

Mas se Trump foi o alvo principal dos discursos e piadas da cerimônia de 2017, a edição deste ano destacou-se por falar dos recentes escândalos de assédio sexual e o tratamento desigual historicamente dado a homens e mulheres no cinema.

Logo em seu monólogo de abertura, Jimmy Kimmel citou a expulsão do produtor Harvey Weistein da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, além de falar sobre o famoso caso de disparidade salarial entre Mark Wahlberg e Michelle Williams pelas regravações de ‘Todo o Dinheiro do Mundo’.

Mais adiante, Ashley Judd, Annabella Sciorra e Salma Hayek, três atrizes que se pronunciaram publicamente sobre os abusos de Weistein, subiram ao palco para introduzir um clipe no qual outros atores, atrizes e cineastas falaram de diversidade e respeito.

Mas o momento mais marcante da noite foi estrelado por Frances McDormand, quase no final da transmissão. Ao receber o Oscar de melhor atriz, ela pediu para que todas as mulheres indicadas em qualquer outra categoria em 2018 se levantasse. “Nós queremos que vocês ouçam e considerem nossos projetos daqui para a frente”, exigiu. Foi aplaudida efusivamente.

Num clima carregado de temas importantes, as piadas de Kimmel pareceram deslocadas. Houve ao menos uma brincadeira simpática, quando parte dos atores presentes no Dolby Theatre (como Gal Gadot, Margot Robbie e Mark Hamill) invadiu uma sala de cinema e surpreendeu o público, que assistia uma sessão de ‘Uma Dobra no Tempo’.

A intenção era agradecer os fãs por cultivarem o amor por filmes. Uma paixão que é alimentada cada vez mais pela relação entre o entretenimento e os temas em pautas na sociedade contemporânea – e o Oscar mostrou que está atento a isto.

Confira abaixo a lista completa dos vencedores:

Melhor Filme
A Forma da Água

Melhor direção
A Forma da Água – Guillermo del Toro

Melhor Atriz
Frances McDormand – Três Anúncios Para um Crime

Melhor Ator
Gary Oldman – O Destino de Uma Nação

Melhor Ator Coadjuvante
Sam Rockwell – Três Anúncios Para um Crime

Melhor Atriz Coadjuvante
Allison Janney – Eu, Tonya

Melhor Roteiro Original
Corra!

Melhor Roteiro Adaptado
Me Chame Pelo Seu Nome

Melhor Animação
Viva – A Vida é uma Festa

Melhor Documentário em Curta-Metragem
Heaven is a Traffic Jam on the 405

Melhor Documentário em Longa-Metragem
Ícaro (VENCEDOR)

Melhor Filme Estrangeiro
Uma Mulher Fantástica (Chile)

Melhor Curta-Metragem
The Silent Child

Melhor Curta em Animação
Dear Basketball – Glen Keane e Kobe Bryant

Melhor Canção Original
“Remember Me” – Viva – A Vida é uma Festa – Kristen Anderson-Lopez e Robert Lopez

Melhor Fotografia
Blade Runner 2049 – Roger Deakins

Melhor Figurino
Trama Fantasma

Melhor Maquiagem e Cabelo
O Destino de Uma Nação

Melhor Mixagem de Som
Dunkirk

Melhor Edição de Som
Dunkirk

Melhores Efeitos Visuais
Blade Runner 2049

Melhor Design de Produção
A Forma da Água

Melhor Montagem
Dunkirk

Melhor Trilha Sonora Original
A Forma da Água – Alexandre Desplat
 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »