05/03/2018 às 09h45min - Atualizada em 05/03/2018 às 09h45min

Prefeitura participa de entrega de obra de reversão de esgoto da Samar

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Representantes da Prefeitura de Araçatuba compareceram, nesta sexta-feira (2), à inauguração histórica da primeira etapa das obras de reversão de bacias de esgoto das lagoas de tratamento Maria Isabel, de realização da Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba).

Nesta primeira etapa, foi construída a nova Estação Elevatória de Esgoto (EEE) Santa Izabel, localizada na Estrada Municipal ART 080, quilômetro 27, com investimento de R$5 milhões. A execução total da obra está orçada em mais de R$33 milhões.

Segundo o presidente da GS Inima Brasil e presidente da Samar, Paulo Roberto de Oliveira, o tratamento desse esgoto passa a ser feito na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Baguaçu, no bairro Cafezópolis. “A ETE passou por uma série de reformas, ampliações e modernizações para tratar com eficiência o esgoto gerado em Araçatuba”.

Oliveira salientou ainda que a participação do poder público foi e é fundamental para que os investimentos possam continuar. “Hoje é um dia muito importante para nós, porque demonstra à população e autoridades a transparência e seriedade do trabalho de nosso grupo. Para se ter uma ideia, até 31 de dezembro de 2017 estávamos com R$ 140 milhões de investimentos em Araçatuba desde o início da concessão, e temos previsto mais R$100 milhões a serem investidos no triênio 2018/2019/2020. No ano passado estivemos aqui com o prefeito, a vice e vereadores, e pudemos ver como essa estação estava degradada. Por isso reafirmo que precisamos do apoio da administração para que a concessão vá em frente porque temos muitos outros desafios”.

RECONHECIMENTO

O diretor técnico da Samar, Rondinaldo de Lima, fez as explanações técnicas. “O principal valor agregado desses investimentos é a modernização, a preparação e o pensamento voltado a longo prazo, para mais de 30 anos. O investimento é emblemático. Estamos eliminando a estação de tratamento de esgoto Maria Isabel, que é a primeira etapa, fazendo essa reversão de bacia. Atualmente 15% do esgoto da cidade chega à Estação Maria Isabel e são tratados numa lagoa que não tem a tecnologia adequada. Com essa reversão, proporcionamos que o esgoto chegue à ETA Baguaçu e que seja tratado com tecnologia de ponta com a modernização que fizemos.

Edna Flor, vice-prefeita de Araçatuba, agradeceu a todos os que contribuíram para a realização do empreendimento. “História se faz olhando para o horizonte, e não para os rastros. E pudemos ver isso se concretizando com essa conquista que beneficia todos nós. Faço um agradecimento especial em nome dos secretários Erik (Desenv. Econômico e Relações do Trabalho), Petrônio (Meio Ambiente e Sustentabilidade) e Tadeu (Planejamento Urbano e Habitação), que formam o tripé responsável pelo bom relacionamento e diálogo entre a prefeitura e a Samar. Ressalto também que os verdadeiros alicerces dessa obra vão muito além das funções técnicas. Tenho certeza de que os reflexos haverão de ser sentidos na vida da comunidade, especialmente na geração de empregos. É isso que mais nos motiva a estar aqui. Saber que um distrito industrial tem condições de receber obras e empreendimentos também nos anima muito, com a possibilidade de novos locais de trabalho”.

O prefeito Dilador destacou o papel da Samar como fundamental ao desenvolvimento da cidade. “Costumo dizer que a credibilidade e a confiança devem ser conquistadas ao longo do tempo. Há um ano estivemos aqui, e naquela oportunidade, Paulo (presidente da Samar), você me disse que um ano entregaria a obra. Isso se concretizou. Parabenizo e agradeço em nome dos araçatubenses pela responsabilidade nos compromissos. Acredito muito nas parcerias público privado para os investimentos e considero também saber que o bairro Engenheiro Taveira, por exemplo, será contemplado com os mesmos direitos que a população central. A promoção de direitos iguais é o nosso propósito”.

Dilador destacou ainda a conquista do Ranking ABES da Universalização do Saneamento, que avalia as cidades brasileiras com mais de 100.000 habitantes. “Araçatuba ficou em sétimo lugar entre os catorze municípios do grupo ‘Rumo à universalização’ em todo o Brasil. Isso nos deixa muito gratificados e confiantes no trabalho da Samar”.

O secretário de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Erik Carneiro, destacou os recursos de 99% de esgoto tratado e 100% da água tratada como atrativos para empresas se instalarem no município. “é um diferencial, principalmente nos parques industriais, que não terão mais as lagoas de tratamento”.

Compareceram também à solenidade o comissário geral da Agência Reguladora, José Luis Fares; o gerente geral da Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), Daniel Gomes; o presidente da Câmara, Rivael Papinha e os vereadores Jaime José da Silva, Almir Fernandes Lima, Márcio Saito e Denilson Pichitelli; presidente da Associação Comercial e Industrial de Araçatuba (Acia), Wilson Marinho; presidente da comissão dos empresários dos parques industriais Maria Izabel de Almeida Prado, Alexandre Biagi e Antonio Couto Xavier, Oscar Saito; secretários municipais e funcionários da Samar.
 

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »