16/09/2019 às 11h32min - Atualizada em 16/09/2019 às 11h32min

Bombeira morre ao ser atingida por árvore em incêndio florestal

A militar foi levada ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos

YahNotícias
Foto: Divulgação
Uma bombeira militar morreu enquanto combatia um incêndio florestal no Distrito Federal, na tarde do último domingo (15). Uma árvore caiu sobre Marizelli Armelinda Dias durante o atendimento, arrastando também fios de alta tensão em direção a ela.

Tanto a árvore quanto os fios atingiram a bombeira, que sofreu uma parada cardíaca. Embora a militar tenha sido mesmo atingida pela fiação, não foi confirmado se a parada cardíaca foi causada por descarga elétrica.

Marizelli foi atingida do lado esquerdo por um galho de eucalipto de médio porte. A árvore teria caído em decorrência das chamas. Ele ainda informou que ela teve traumatismo craniano, fratura na coluna torácica em dois pontos, no fêmur e no braço — ambos esquerdos —, e edema torácico.

A bombeira chegou a ser socorrida e levada ao Hospital Regional de Ceilândia, mas não resistiu aos ferimentos. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal fez uma homenagem a Marizelli:
 
"Descanse em paz Guerreira Marizelli, seu nome ecoará no livro dos lendários, dos imortais, dos heróis que escrevem a nossa história. Nosso pesar mais sentido e nossa continência mais honrosa a você. Que Deus a receba e conforte o coração da família e amigos neste momento de dor tão grande, sempre confiantes na vida eterna prometida e na bondade e misericórdia de Deus", diz o texto publicado nas redes sociais.
 
A soldado, que fazia parte da instituição desde junho de 2018, também recebeu homenagem do Distrito Federal, Ibaneis Rocha:
 
"Que tristeza para o Distrito Federal perder uma de suas combatentes do Corpo de Bombeiros, que dedicava a sua vida a salvar outras. Toda a minha solidariedade à família da soldado Marizelli, que Deus conforte seus corações. O GDF está de luto", lamentou.
 
Ela deixa dois filhos, Raniele, 4 anos, e Erick, 5.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »