28/02/2018 às 11h36min - Atualizada em 28/02/2018 às 11h36min

Pinguim-rei da Antártida pode desaparecer até o fim deste século

A existência e sobrevivência dos pinguins-rei dependem inteiramente da integridade de seu habitat.

ANDA Agência de Notícias de Direitos Animais
Animais podem sofrer com a extinção ou exílio | AFP
Um estudo publicado pela revista Nature colocou ONGs e ambientalistas em alerta. Dados preveem que a pesca e o aquecimento global condenará pinguins da espécie rei à extinção até o fim dos anos 2.000.

Céline Le Bohec, uma das autoras do artigo, explica que a situação é periclitante. “Se nenhuma ação for feita com o intuito de parar ou alterar o aquecimento global e o ritmo a que as mudanças feitas pelos humanos estão afetando o planeta, a espécie pode desaparecer num futuro próximo”, disse em entrevista ao The Guardian.

A existência e sobrevivência dos pinguins-rei dependem inteiramente da integridade de seu habitat. Ele vivem em ilhas isoladas que podem ser engolidas pelo mar devido ao degelo.

Céline afirma ainda que os impactos ambientais e das atividades humanas na Antártica podem comprometer toda uma população. “Os pinguins são como indicadores sensíveis às mudanças nos ecossistemas marinhos e são considerados espécies-chave para compreender e prever os impactos das mudanças globais no bioma marinho da região”, disse.

O estudo alerta ainda para uma eventual migração da espécie para outras áreas e como a competição por alimento pode ameaçar ainda outras espécies como aves marítimas e focas.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »