14/08/2019 às 11h15min - Atualizada em 14/08/2019 às 11h15min

Marko mantém a fama de “durão” e explica saída de Gasly

Por Gabriel Gavinelli
F1 Mania
Foto: Mark Thompson/ AFP
Helmut Marko fez justiça à sua reputação. Depois de apenas seis meses nos boxes da Red Bull, Pierre Gasly está voltando para a Toro Rosso depois de uma série de resultados abaixo do esperado em comparação com seu companheiro de equipe Max Verstappen. Marko, como de costume, não fez questão de ser simpático e expressou abertamente sua opinião.

“Gasly teve muitos problemas no tráfego e isso fazia com que ele perdesse posições. Além disso, ele também não gosta de estar em desvantagem, então você acaba perdendo pontos. Tivemos que responder e dar a Albon a chance até o final do ano. Vamos ver quem estará guiando ao lado de Max Verstappen no próximo ano “, explicou Marko ao ‘Auto Bild’.

A Red Bull está apenas 44 pontos atrás da Ferrari no campeonato de construtores da Fórmula 1, enquanto Gasly está 118 pontos atrás do seu ex-companheiro de equipe Verstappen.

Muitas pessoas, incluindo o chefe da Red Bull Christian Horner, esperavam que a temporada fosse um ano de transição om o novo motor Honda. Mas agora a equipe está competindo no topo de forma consistente, o que pode ter alterado os planos para os pilotos. Não apenas atualizações de motor, mas mudanças aerodinâmicas foram feitas no RB15 durante toda a temporada até aqui. Marko admitiu que eles não esperavam tanta potência do motor Honda nesse início.

“Construímos um carro com pouca força aerodinâmica porque não tínhamos estimado o motor tão bem. Eles estão fornecendo muito mais potência, o que significa que poderíamos ter usado muito mais downforce. Agora tentamos compensar a falta de velocidade com menos downforce, mas isso acabou por ser desnecessário. As últimas corridas mostraram que sabemos como tomar as decisões certas”, conclui o austríaco.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »