09/08/2019 às 10h55min - Atualizada em 09/08/2019 às 10h55min

Após colocar pacote anticrime em segundo plano, Bolsonaro espera que Câmara vote o projeto

Presidente esteve com ministro durante live.

MBL NEWS
Após dizer na quinta-feira, 09, que o pacote anticrime, elaborado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro, teria que esperar por a prioridade do governo ser a reforma da Previdência e a reforma tributária, o presidente afirmou em uma transmissão ao vivo em sua rede social esperar que a Câmara dos Deputados coloque a proposta em votação.

“Foi votado o segundo turno da reforma da Previdência na Câmara, segue agora para o Senado, e nosso interesse —mas a decisão é da Câmara, inicialmente— a gente gostaria que a Câmara botasse em discussão e em votação o pacote anticrime”, disse Bolsonaro em sua transmissão ao vivo em uma rede social, tendo Moro sentado à sua direita.

“A gente espera que isso realmente vá para frente”, acrescentou o presidente.

Moro, por sua vez, ressaltou a importância das reformas econômicas, entretanto ponderou que a população também anseia por avanços na área da segurança pública.

Mais cedo na quinta-feira, o presidente havia dito em entrevista que o foco do governo ainda está voltado para as questões econômicas.

“Entendo a angústia dele (Moro) querer que o projeto dele vá para frente, mas nós temos que diminuir o desemprego, fazer o Brasil andar. Essa é a nossa preocupação maior”, disse Bolsonaro pela manhã.

“E sabemos que uma pressão em cima da reforma dele agora atrapalha um pouco a tramitação da nossa reforma mãe, que é a da Previdência. Eu tenho falado para ele ter um pouco mais de paciência”, acrescentou o presidente na ocasião.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »