09/08/2019 às 09h51min - Atualizada em 09/08/2019 às 09h51min

Arquiteta “vidente” projetou rodoviária em 2015 para área pleiteada por Dilador

PLANEJAMENTO

Assessoria de Imprensa
Arquiteta formada desde 2016, Daniele Rodrigues da Silva teve, em 2015, a idéia para seu TCC (trabalho de conclusão de curso) de fazer uma nova estação rodoviária para Araçatuba, coincidentemente na mesma área em que o prefeito Dilador Borges propôs a construção, e que hoje está em pleito junto ao Governo Federal.

O projeto foi Trabalho de Conclusão de Curso de Daniele, entregue em 2016. Durante a elaboração do trabalho, Daniela veio até a prefeitura pesquisar quais áreas disponíveis na cidade se adequariam a seu projeto e escolheu o referido terreno, pertencente à Ceagesp, localizado à avenida da Saudade, número 1892, próxima à margem da rodovia Marechal Rondon SP-300.

“Fiz sem saber de nada, não tinha escutado a proposta, e recebi uma ligação do meu irmão contando que seria feita a rodoviária justamente naquele local. Nossa que legal, coincidência interessantíssima! Naturalmente, segui até o término do trabalho e foi aprovado”. Na semana passada, o pai de Daniele ouviu novamente sobre a nova rodoviária e sugeriu: “Por que você não vai lá mostrar para o prefeito?”, ao que Daniele considerou, “pode ser, né? Quem sabe alguma coisa dá certo!”.

A justificativa técnica da arquiteta se aproxima à do prefeito de Araçatuba. “Por ser próxima à rodovia, seria a melhora área. Fiz o trajeto estimado, que se andarmos do começo da entrada, próxima ao hotel Mariá, até a atual rodoviária, a distancia é de um quilometro, ao passo que, pela pista, até esse terreno, a distância é menor, mais fácil, não precisa entrar ônibus na cidade, o percurso, tanto vindo de Mato Grosso como de São Paulo, é de fácil acesso. Então foi isso que eu pensei”, conta.

No gabinete do prefeito, Daniela confessou. “É uma coisa que eu gostei muito de fazer. No começo, achei meio difícil, não encontrava nada, não tinha nenhuma referência, mas conforme passou o tempo encontrei as informações e decidi: é isso mesmo, vou fazer!”

O Prefeito Dilador Borges, acompanhado do secretário municipal de Governo, Manoel Afonso de Almeida Filho, e do vereador Rivael Papinha, confirmou a alegria de tamanha coincidência. “Quero parabenizar a Daniele pelo pensamento de dar sua contribuição, entendendo que mudar essa rodoviária é uma necessidade, e reforçar que não é apenas um desejo particular meu, mas vai ao encontro do desejo do munícipe. Ela, como conhecedora dessa questão de mobilidade, e a gente, que está trabalhando para conseguir a área”.

Dilador conclui com pensamento positivo. “Conseguindo (a área), vamos voltar a ter essa conversa, ver quem é que vai fazer, pois temos intenção de fazer uma PPP (Parceria Público-Privada), e te apresentar para quem for o ganhador interessado em realizar essa obra, que é em benefício de nossa cidade e de nossa região”.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »