24/07/2019 às 14h41min - Atualizada em 24/07/2019 às 14h41min

Cinco dicas para manter a pele saudável no inverno

Com a queda das temperaturas, Dr. Amilton Macedo  orienta como  evitar alguns hábitos prejudiciais para manter  a pele hidratada e bonita

Dr. Amilton Macedo
Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Com a diminuição das temperaturas alguns cuidados são necessários para driblar hábitos durante o frio e para chegar à primavera com a pele saudável.   No inverno o ser humano tende a transpirar menos, devido a baixa umidade do ar e ao clima mais frio que fazem com que a pele fique mais seca.  Tanto o rosto quanto o corpo estão sujeitos ao ressecamento  na estação.

"Nesta época do ano é comum tomarmos banhos mais quentes, que provocam uma remoção da oleosidade natural de forma mais intensa, diminuindo a umidade da pele. Com isso podem surgir algumas doenças típicas da estação, como os eczemas, que são descamações que acontecem na pele, entre eles a dermatite atópica, que é uma doença crônica que piora no inverno", explica Dr. Amilton Macedo, dermatologista com prática em oxidologia.



O clima frio e seco pode deixar a pele com aspecto esbranquiçado, o que indica a desnaturação das proteínas.  Para evitar tais sintomas Dr. Amilton Macedo recomenda fazer hidratações corporais mais profundas e investir em uma alimentação saudável, rica em vitaminas e antioxidantes, o que pode trazer benefícios em longo prazo.

Confira cinco dicas praticas, selecionadas pelo dermatologista, para cuidar da pele neste inverno:
  1. Beber bastante água (no mínimo 2 litros por dia).
  2. Evitar banhos muito quentes e demorados;
  3. Usar o hidratante logo após sair do chuveiro, aproveitando o vapor pós-banho, que ajuda na penetração do creme.
  4. Para peles oleosas  e acneicas evitar hidratante comum no rosto, usar oil free nas áreas de maior oleosidade . Também é importante hidratar os lábios, com produtos específicos para essa região e, assim, evitar rachaduras.
  5. Usar filtro solar diariamente.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »