25/06/2019 às 15h13min - Atualizada em 25/06/2019 às 15h13min

"Jumbo" foi responsável por 50% das apreensões nesse final de semana em presídios

 Entre o que é permitido levar para os sentenciados, alimentos foram usados para ocultar ilícitos

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação

Nos dias 22 e 23 de junho, estabelecimentos prisionais subordinados a Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado (Croeste) registraram tentativas frustradas de inserção de objetos ilícitos nos presídios e que foram barrados durante os procedimentos de revista. Vale lembrar que os visitantes flagrados são excluídos do rol de visitas e levados à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, sem prejuízo de responderem na esfera criminal. Também é instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos presos que receberiam os materiais podendo, ainda, ser instaurados Procedimentos de Apuração Preliminar para apurar supostas responsabilidades funcionais.

SÁBADO (22/06/19)
PENITENCIÁRIA "SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA" DE PRESIDENTE BERNARDES
Durante o procedimento de revista no scanner corporal, três visitantes foram flagradas, cada uma, com um aparelho de telefonia celular escondido em suas genitálias. As visitantes em questão foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência e suspensas do rol de visitas. Foram instaurados Procedimentos Disciplinares para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os celulares.

PENITENCIÁRIA "NESTOR CANOA" DE MIRANDÓPOLIS (PI)
Por volta das 10h20, durante a realização de revista nos alimentos destinados aos reclusos foram apreendidos 1.020 (mil e vinte) pequenos invólucros de cor preta misturados em meio a arroz e feijão preto, em vasilha plástica pertencente a uma visitante. Após a abertura dos invólucros, constatou-se que se tratava de maconha. Na ocasião, a visitante assumiu a autoria do fato e disse ter ciência do conteúdo do recipiente, sendo então suspensa do rol de visitas e encaminhada à delegacia de polícia local para que as providências legais pudessem ser tomadas.

DOMINGO (23/06/19)
PENITENCIÁRIA "PAULO GUIMARÃES" DE LAVÍNIA (PIII)
O pai de um sentenciado foi surpreendido tentando ingressar no ambiente carcerário com 02 (dois) aparelhos celulares camuflados na vasilha de alimentação, sendo descoberto pelas imagens geradas após passar pelo aparelho de Raios X. As providências administrativas pertinentes ao caso foram adotadas, o homem foi suspenso do rol de visitas e o sentenciado, por sua vez, isolado preventivamente em cela disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE FLORÍNEA
Dentro de um pote de margarina trazido pelo pai ao filho sentenciado, Agentes de Segurança Penitenciária encontraram um fundo falso que escondia substância esverdeada semelhante ao entorpecente maconha. Levado em sala reservada, o homem confessou que portava mais entorpecentes na cueca e ao entregar aos funcionários, verificaram se tratar de substância esbranquiçada aparentando cocaína e 20 (vinte) comprimidos de suposto estimulante sexual. O homem foi suspenso do rol de visitas e encaminhado a autoridades policias para as providências de praxe.

PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO
Dentro de 15 (quinze) pacotes de fumo de Arapiraca uma visitante de sentenciado havia escondido substância esverdeada com características do entorpecente maconha. O caso foi descoberto no momento que a mulher tentava ingressar na unidade prisional passando pelos procedimentos de revista. O material foi apreendido, a companheira do sentenciado suspensa do rol de visitas e tomadas as devidas providências administrativas e policiais.

CENTRO DE DETENÇÃO PENITENCIÁRIA DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
Durante a passagem de uma visitante pelo scanner corporal, a imagem gerada pelo aparelho apresentou um volume estranho na região da genital da pessoa revistada. Ao ser questionada sobre o que havia naquela área do corpo, a mesma confessou que trazia 01 (um) mini celular, retirando de si o aparelho e entregando às funcionárias. Em seguida, foi conduzida ao Plantão Policial onde foi registrado Termo Circunstanciado. Diante do fato, foi determinada instauração de Procedimento Interno Disciplinar em desfavor do detento. Já a mulher flagrada foi suspensa do rol de visitas por 02 (dois) anos, de acordo com o Artigo 135 inciso I da Resolução SAP 196 de 11/11/2015, que alterou a Resolução 144 de 29/06/2010.

PENITENCIÁRIA "LUIZ APARECIDO FERNANDES" DE LAVÍNIA (PII)
A companheira de um sentenciado tentou ingressar na unidade prisional com bifes recheados para serem entregues ao homem. Porém, ao passar pelos procedimentos de revista, servidores da SAP encontraram no meio dos alimentos 02 (duas) placas de aparelho celular, sendo a mulher suspensa do rol de visitas e levada perante a autoridade policial para as providências da Polícia Judiciária. Enquanto isso, o sentenciado foi isolado preventivamente para responder a Procedimento Disciplinar.

PENITENCIÁRIA "VEREADOR FREDERICO GEOMETTI" DE LAVÍNIA (PI)
Duas mulheres foram impedidas de entrar na unidade prisional quando tentavam visitar os respectivos companheiros que cumprem pena no local. Uma delas foi flagrada ao passar pelo scanner corporal, que identificou um invólucro inserido na genitália da mulher o qual, após aberto, revelou substância amarelada em seu interior de característica semelhante à cocaína. A outra visitante foi flagrada com o entorpecente maconha escondido dentro de uma vasilha plástica contendo panquecas. Em ambos os casos, a Polícia Militar foi acionada e conduziu as apreendidas para elaboração de Boletim de Ocorrência, além de ser suspensas do rol de visitas. Os sentenciados envolvidos foram encaminhados ao Pavilhão Disciplinar.

PENITENCIÁRIA DE PRACINHA
Durante pré-revista para entrada no presídio, servidores perceberam um volume com odor de maconha no forro da calcinha de uma visitante, vindo ela a confessar o fato.  A mulher foi suspensa do rol de visitas e conduzida à delegacia da cidade para providências de cunho policial. Simultaneamente todas as providências administrativas foram tomadas.

SEGUNDA – FEIRA (24/06/19)
PENITENCIÁRIA "JOÃO AUGUSTINHO PANUCCI" DE MARABÁ PAULISTA
Ao revistar uma caixa enviada pela companheira de um sentenciado via SEDEX, servidores descobriram que dentro de 04 (quatro) pacotes de tabaco havia, na verdade, substância semelhante à maconha. A visitante foi suspensa do rol de visitas e o sentenciado encaminhado ao Pavilhão Disciplinar para as devidas providências.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »