04/06/2019 às 13h45min - Atualizada em 04/06/2019 às 13h45min

Frango: uma proteína mais saudável

Consumidores

Lucas Almeida
Assessoria de Imprensa, Gear SEO
 
Atrás apenas da carne suína, a carne de frango é a segunda proteína animal mais consumida em todo o mundo. Se você não consegue ou não deseja seguir uma dieta vegetariana ou vegana, saiba que a fonte mais saudável e proteica que existe no mundo animal é mesmo um bom franguinho.

Apesar das estimativas dos estudiosos do mercado de que o frango será a carne mais consumida no planeta até 2030, muitas pessoas ainda resistem ao consumo desse alimento. Segundo o site Tudo Para Churrasco, grande parte da recusa à ingestão dessa carne se deve à desconfiança dos consumidores em relação ao controle de qualidade das aves que são matéria-prima para essa proteína.

Quem não tem essa desconfiança e de fato aposta em um consumo regular do frango, afirma que a qualidade dessa carne é muito maior em comparação às demais. É fonte proteica de alta qualidade, além de ter pouca gordura, ótimas doses de vitaminas e ainda ser um dos tipos de carne mais versáteis do mercado.

Frango, peixe, boi ou porco: qual é mais proteico?
Em primeiro lugar, caso você seja carnívoro, salientamos que o ideal não é suprir suas necessidades de proteína apenas a partir de uma fontel. Isso porque cada fonte de proteína animal possui também outras funções em nosso organismo. Os mais variados tipos de carne não possuem a mesma quantidade de nutrientes, e isso precisa ser levado em consideração.

Relativamente às proteínas vegetais, aquelas provenientes de fontes animais possuem aminoácidos muito específicos. Eles são indispensáveis a diversas funcionalidades do organismo humano. Além disso, são melhor absorvidas pela corrente sanguínea, o que garante que seus benefícios sejam notados mais rapidamente.

De modo geral e falando especificamente das proteínas animais acima mencionadas, tudo vai depender do tipo de corte e da forma como você prepara esse corte. Um peito de frango grelhado médio, por exemplo, possui cerca de 32 gramas de proteína para cada 100 gramas. Um patinho bovino sem gordura, no entanto, possui em média 35 gramas do nutriente para cada 100.

Mas isso pode ser alterado se alterarem também os cortes das carnes e a maneira de prepará-los. Obviamente que grelhar, refogar ou assar uma carne é bem mais saudável do que fritar. Lembrando que a fritura costuma diminuir o pedaço de carne, o que reduz também a quantidade de proteína.

Por que incluir o frango com mais frequencia em sua rotina alimentar?
O frango é uma das carnes menos gordurosas que você pode comer. Mesmo em relação à maioria dos peixes, ele possui menos gordura e sempre mais proteína. É uma carne que habitualmente é magra e que possui alta versatilidade culinária.

Além de grelhar, de assar ou de refogar um pedaço de frango, é possível cozinhá-lo para usá-lo em saladas. Frango em cubinhos ou desfiado em meio a folhas verdes, como rúcula, espinafre e alface é uma ideia muito nutritiva, saborosa e saudável.
Além disso, o frango tem substâncias, como determinadas vitaminas, que afetam diretamente o bem-estar do organismo, prevenindo diversas doenças.

Especialistas apontam, por exemplo, que o frango é uma das melhores proteínas animais para a proteção contra alguns tipos de câncer. Isso porque contém vitamina B3 e selênio em sua composição. Estima-se que 100 gramas dessa carne contenha mais do que o suficiente de B3 para um dia inteiro, vitamina essa que também interfere na prevenção do Mal de Alzheimer.

Por ser uma carne baixa em níveis de gordura e por conter em sua composição a vitamina B6, o frango é um grande defensor do coração. Ajuda a combater o aumento dos níveis de colesterol e da homocisteína. Ambas substâncias são conhecidas por entupir os vasos sanguíneos.

Por fim, quem está naquela conhecida luta por perder peso ou por ganhar músculos não pode abrir mão do frango. Não é à toa que os nutricionistas indicam com frequência a presença de um peito de frango grelhado nos pratos de quem pratica exercícios físicos regularmente.

Saudável, mas com moderação
O consumo de frango é altamente recomendável. Enquanto proteína animal é talvez a mais saudável, visto que não só é extremamente proteica, como oferece muitas vitaminas indispensáveis ao nosso organismo.

Ainda assim, todos os nutricionistas recomendam que seu consumo seja moderado. Como ocorre com todo alimento. Variar a fonte de proteínas é tão importante quanto consumi-las, visto que dá ao corpo todos os benefícios nutricionais que ele necessita.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »