31/05/2019 às 08h52min - Atualizada em 31/05/2019 às 08h52min

Denunciado pela Promotoria por roubo seguido de morte é condenado em Junqueirópolis

Réu respondeu ainda por corrupção de menor de 18 anos

MPSP
Denunciado pelo Ministério Público de São Paulo, Rafael José de Oliveira foi condenado em Junqueirópolis nesta quarta-feira (29/5) por roubo cometido com arma de fogo e seguido de morte. A sentença reconheceu ainda que o réu corrompeu pessoa menor de 18 anos. A pena imposta a Oliveira, aumentada em virtude de o crime de roubo seguido de morte ter sido praticado contra idoso, foi de 37 anos, sete meses e 26 dias de reclusão, mais o pagamento de 15 (quinze) dias-multa. Ele não poderá recorrer em liberdade. 

A denúncia, apresentada ao Judiciário pelo promotor de Justiça Ruy Bodini, narra que, em abril de 2018, o réu e um adolescente arrombaram uma das portas da propriedade rural onde moravam os idosos Osmar Rodrigues de Oliveira e Maria Aparecida da Silva de Oliveira. Osmar tentou impedir o roubo, mas foi atingido na cabeça por um disparo, morrendo no local. Maria Aparecida teve os olhos vendados enquanto os criminosos recolhiam objetos como celulares, televisor e relógio. 

Rendida, a idosa foi levada pelos criminosos no próprio veículo das vítimas. Após circularem por diversas estradas rurais, o réu e o adolescente abandonaram Maria Aparecida e o carro em uma vegetação erma existente entre os municípios de Junqueirópolis e Irapuru, fugindo em seguida levando o produto do roubo. 

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »