29/05/2019 às 09h12min - Atualizada em 29/05/2019 às 09h12min

Polícia Civil prende homem que matou a ex-companheira em Adamantina

Polícia Civil do Estado de São Paulo
Foto: Polícia Civil
Nesta segunda-feira (27), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Investigações Gerais de Adamantina (Deinter 8 – Presidente Prudente), esclareceu o homicídio de uma mulher, de 30 anos.

A vítima estava desaparecida desde a tarde do dia anterior e, assim que a família registrou o boletim de ocorrência, equipes da Especializada iniciaram as investigações.

Eles descobriram que a mulher havia terminado um longo relacionamento, com um agente penitenciário, e que ele teria sido visto na cidade, no dia do desaparecimento da ex-companheira. O suspeito estava morando em São Paulo desde o término do relacionamento.

Com auxílio dos policiais civis do 81º Distrito Policial (Decap), o agente foi conduzido à Delegacia e acabou confessando o crime. Ele informou que mesmo após o término do namoro, os dois ainda se relacionavam esporadicamente. Na última vez que se encontraram, ele tentou reatar o romance, porém foi frustrado pela vítima e acabou disparando 3 vezes contra a mulher. Seu corpo foi localizado num canavial.

O agente penitenciário foi preso por homicídio triplamente qualificado.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »