20/02/2018 às 15h24min - Atualizada em 20/02/2018 às 15h24min

Esses carros são feitos no Brasil e você nem sabia

Eles têm tecnologia e aparência de importado, mas são nacionais. A lista inclui SUV veterano, sedã médio e até crossover de R$ 325 mil.

Quatro Rodas
Foto: Divulgação
As exigências do Inovar-Auto levaram diversas empresas a acelerar seus planos de montar fábricas no Brasil para nacionalizar os mais diferentes modelos.
 

Isso levou à nacionalização de uma série de modelos que, até hoje, são considerados importados por muita gente.
 

Em uma lista que vai muito além do Audi A3 Sedan, conheça os que são fabricados por aqui – e talvez você nem saiba.

Range Rover Evoque


 

O queridinho dos endinheirados é feito no país desde o final de 2016. O modelo é montado em Itatiaia (RJ), na primeira fábrica da Land Rover fora da Inglaterra. Por aqui são feitas quatro versões, sendo que a mais cara delas (HSE Dynamic Diesel) parte de módicos R$ 286.500.

O Evoque divide a linha de montagem com o Discovery Sport, modelo com o qual compartilha componentes como os motores 2.0 turbo (a gasolina e diesel) e o câmbio automático de nove marchas.

BMW X4


 

O crossover produzido em Araquari (SC) é, atualmente, o carro mais caro fabricado no Brasil. A versão 28i usa um seis-cilindros turbo de 245 cv e tem preço inicial de R$ 324.950.

O pacote inclui conexão com a internet, estacionamento automático e caixa de direção com relação variável (o número de voltas de batente a batente varia de acordo com a velocidade).

A fábrica da BMW em Santa Catarina também produz a nova geração do X1 e o Série 3.

Mercedes-Benz Classe C


 

O sedã de luxo mais vendido no planeta em 2017 (segundo a Jato Dynamics) emplacou mais de 127 mil carros nos 52 mercados analisados pela consultoria. Para atender a essa demanda a Mercedes espalhou a fabricação do modelo por oito países, incluindo o Brasil.

O Classe C é montado em Iracemápolis (SP) em quatro versões, incluindo o C300 com 245 cv e câmbio automático de nove marchas.

Por enquanto a Mercedes não confirmou a reestilização do modelo europeu para o Classe C nacional, mas é provável que a linha 2019 chegue por aqui nos próximos meses – como ocorreu com o GLA, outro modelo produzido no interior paulista.

Hyundai (Novo) Tucson


 

A Caoa, representante da linha de importados da Hyundai, também produz localmente alguns modelos da marca sul-coreana. Por muitos anos o principal deles foi o Tucson, que resistiu à chegada de duas gerações e segue firme e forte na fábrica em Anápolis (GO).

O detalhe é que seus sucessores, o ix35 e o novo Tucson, também são feitos por lá.

A terceira geração do Tucson é a única da família fabricada no Brasil que não tem um motor flex. O motivo é que ela também é a única a usar um 1.6 turbo com injeção direta e 177 cv.

O propulsor vem sempre associado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e sete marchas, permitindo um saudável 0 a 100 km/h de 8,8 segundos em nossos testes.

Mitsubishi Pajero

Pajero Outdoor 2017

Pajero Outdoor 2017

Pajero Outdoor 2017O caso, aqui, não é tanto o fato do SUV médio japonês ser feito no Brasil, mas sim, o detalhe dele ainda ser produzido em Catalão (GO). O modelo lançado em 2008 atualmente é vendido em duas versões, HPE e Outdoor.

Ambas usam o mesmo 3.2 16V turbodiesel de 180 cv, com tração 4×4 e câmbio automático de cinco marchas. O Pajero divide a linha de montagem com os também veteranos Mitsubishi Lancer e Suzuki Jimny.

Bônus: Renault Twizy

Leves, as portas se abem para cima no melhor estilo Lamborghini de ser (Leo Sposito/Quatro Rodas)

O subcompacto elétrico da Renault nem sequer é vendido no Brasil, mas foi montado no país há quatro anos. A produção em ritmo quase artesanal de 32 unidades ficou a cargo da Itaipu Binacional, empresa que utiliza o veículo em suas instalações em Foz do Iguaçu (PR).


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »