28/03/2019 às 15h51min - Atualizada em 28/03/2019 às 15h51min

Bate no peito, Pato: o São Paulo é sua casa!

Alexandre Pato está de volta ao Tricolor, agora em definitivo, com contrato até 2022

São Paulo Fc
Foto: Divulgação

Quem não se lembra das constantes demonstrações de afeto e respeito de Alexandre Pato pelas cores vermelha, branca e preta? A partir desta quarta-feira (27), a história do atacante com a camisa do Tricolor passa a ganhar novos capítulos: Pato está de volta ao clube, agora em definitivo, com contrato até 2022.

O dia 27 de março, que já era marcado pelo centésimo gol de Rogério Ceni na carreira e a calorosa recepção da torcida a Luis Fabiano no aeroporto, torna-se ainda mais especial para os são-paulinos.

Após rescindir o contrato com o Tianjin Tianhai, antigo Tianjin Quanjian, da China, o atacante recebeu propostas de outros clubes do Brasil e do exterior, mas não teve dúvidas ao fazer sua escolha. A paixão pelo São Paulo e as boas lembranças da passagem anterior, entre 2014 e 2015, falaram mais alto.

A primeira passagem de Alexandre Pato no Tricolor marcou um dos melhores momentos na carreira do atacante. Rapidamente identificado com o clube, o jogador conquistou a torcida e mostrou que estava com a pontaria calibrada.

O atleta chegou ao São Paulo em 2014, por empréstimo do Corinthians por duas temporadas. No time são-paulino, o atacante disputou 101 jogos, balançou as redes 38 vezes e deu 16 assistências – 53 vitórias, 17 empates e 31 derrotas.

Além de inúmeras demonstrações de amor pelo clube neste período, Pato viveu momentos marcantes no clube, como marcar o gol de número 3000 do Tricolor no Morumbi, em 2015, na vitória sobre o Vasco da Gama por 3 a 0.

Os números também reforçaram a trajetória goleadora do jogador pelo São Paulo: foi o artilheiro do time em 2015, com 26 gols, sendo esta a maior marca desde 2012, quando Luis Fabiano anotou 31 gols.

No final daquele ano, com o término do empréstimo, Pato seguiu para a Europa e depois foi transferido para o futebol chinês. Mesmo de longe, porém, o atleta nunca escondeu a admiração pelo Tricolor. Visitou o Morumbi, torceu pela equipe no estádio e recebeu inúmeras demonstrações de carinho da torcida, que também sentia saudade do jogador.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »