25/02/2019 às 14h50min - Atualizada em 25/02/2019 às 14h50min

Ribeirão reduz em 42,1% as mortes no trânsito de motociclistas entre 18 a 29 anos

Redução é registrada um ano após a criação de projeto educativo da Transerp, com foco na faixa etária analisada na estatística do InfoSiga SP

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
Em 2018, Ribeirão Preto reduziu em 42,1% as mortes no trânsito envolvendo motociclistas de 18 a 29 anos. A estatística foi divulgada pelo Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), site do governo estadual que concentra estatísticas de morte no trânsito.

Em 2017, as vias municipais registraram 19 mortes no trânsito envolvendo motociclistas de 18 a 29 anos. Já em 2018, a cidade registrou uma diminuição na quantidade de vítimas fatais nesta faixa etária, em acidentes com motocicletas nas ruas e avenidas, quando houve 11 óbitos.

A redução pode estar relacionada às ações de conscientização desenvolvidas pela Transerp ao longo dos últimos 12 meses, com destaque para o projeto Habilita Seguro, criado em 2018, que tem como foco jovens da faixa etária analisada na estatística. Somente no primeiro ano do projeto, mais de 1.020 alunos foram alcançados.

O diretor de Trânsito da Transerp, Mateus Araújo e Silva, afirma que o projeto tem alcançado resultados satisfatórios ao proporcionar um momento educativo dentro das salas de aula dos Centros de Formação de Condutores (CFCs), com informações sobre a atual situação do trânsito no município, por meio de estatísticas e alertas sobre as infrações registradas na cidade.

“Com uma hora de duração, o projeto apresenta os principais cuidados que os futuros motociclistas devem ter nas ruas e avenidas da cidade. De forma dinâmica, o momento educativo esclarece as dúvidas dos alunos e também exibe fotos e vídeos de infrações e acidentes que podem ser evitados ao utilizar a motocicleta”, afirma o diretor.

Segundo a Transerp, o projeto visa proporcionar um complemento do cronograma de conteúdo das instituições. “Este trabalho tem apresentado aos futuros condutores um panorama completo sobre a atual situação do sistema viário da nossa cidade. É um primeiro contato com o trânsito local, antes das aulas práticas das autoescolas”, afirma Delcides Araújo, gerente de Educação de Trânsito da Transerp.

O superintendente da Transerp, Antonio Carlos de Oliveira Jr, conta que este projeto é uma das diversas medidas adotadas pela empresa na atual gestão para contribuir na redução dos acidentes envolvendo motociclistas. “Além deste momento educativo nos CFCs, em 2019 daremos continuidade às blitzes educativas, palestras nas empresas e panfletagem nas escolas e faculdades”, destaca o superintendente.

Agendamento – O representante da instituição ou empresa interessada nas ações educativas do Siga Consciente pode realizar o agendamento pelos contatos:

• Telefone: (16) 3934.9502
De segunda à sexta-feira, das 8h às 17h30;
• E-mail do Departamento de Educação de Trânsito da Transerp: [email protected]
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »