20/02/2019 às 15h47min - Atualizada em 20/02/2019 às 15h47min

Hoje estabelecido no Verdão, Victor Luis não se arrepende dos empréstimos

"Melhor coisa que fiz", disse o lateral, que rodou por algumas equipes antes de se firmar no time do coração.

Palmeiras FC
Foto: Divulgação
Ainda antes de ganhar a primeira chance no time profissional do Palmeiras, em 2014, o lateral Victor Luis já tinha sido emprestado (para o Porto B). E mesmo depois de estrear na equipe principal e ser um dos poucos que se salvaram no ano em que o Verdão quase foi rebaixado pela terceira vez na história, Victor acabou sendo emprestado novamente. Primeiro para o Ceará, depois para o Botafogo.

Após duas boas temporadas pela equipe carioca, Victor retornou ao Verdão em 2018 e hoje reveza a titularidade da posição com Diogo Barbosa. Para o jogador, os seguidos empréstimos foram fundamentais para o bom momento que atravessa atualmente, por isso não há arrependimento, e sim gratidão.

"Sinceramente, acho que para o meu crescimento profissional e pessoal foi a melhor coisa que fiz. O Palmeiras meu deu a oportunidade de mostrar quem era o Victor Luis, de crescer no mercado. Um dos meus melhores anos, fora aqui do Palmeiras, foi no Botafogo. Fiz bons jogos, tive sequência" comentou o lateral, em entrevista coletiva.

Após sua experiência pessoal, Victor aconselha aos companheiros que hoje estão com pouco espaço, que sigam o mesmo caminho: "Para os jovens, vale a pena ter a oportunidade de sair, de amadurecer. É extremamente importante. Com certeza você estará sendo visto, tem o pessoal do Palmeiras que acompanha todos jogadores emprestados".

Estabelecido no clube do coração, Victor teve como recompensa a prorrogação do contrato; feliz, ele relembrou sua trajetória e agradeceu o apoio da família:

"Quando fui chamado para renovar mais um ano, sentei com meu pai e a gente foi conversando sobre tudo que nós passamos. Ir para Portugal, ficar longe de casa, depois ir para o Ceará, que me abriu as portas, pro Botafogo, e hoje estar vivendo esse momento que sempre quis viver dentro do clube. Estou muito feliz, minha família então nem se fala" encerrou.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »