18/02/2019 às 14h56min - Atualizada em 18/02/2019 às 14h56min

Judô brasileiro conquista 11 medalhas com seleções sênior e juvenil

Equipe principal conseguiu seis pódios no Aberto de Oberwart, enquanto Sub-18 levou cinco na Copa de Fuengirola neste sábado, 16

CBJ
O sábado foi de muitas conquistas para o judô brasileiro, que participou de duas competições e subiu ao pódio onze vezes. A equipe principal feminina foi responsável por seis medalhas - duas pratas e quatro bronzes - no Abertor de Oberwart, na Áustria, enquanto a equipe Juvenil conquistou cinco medalhas na Copa Europeia Sub-18 de Fuengirola, na Espanha. Destaque para as vice-campeãs Rafaela Silva (57kg) e Mayra Aguiar (78kg), e para a campeã do Sub-18, Laura Soken (44kg). 

Na Áustria, segunda competição da seleção feminina no ano, o Brasil disputou medalhas em seis, das sete categorias. Além das pratas de Mayra e Rafaela, o país teve os bronzes das pesados Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg), assim como Ketleyn Quadros (63kg) e a meio-leve Larissa Pimenta (52kg), caçula da equipe, que conquistou sua primeira medalha em competições sênior aos 19 anos uma semana após ficar em sétimo lugar no Grand Slam de Paris. 

"Essa competição foi muito importante para mim, pois estou ficando cada vez mais confiante", revela. "Agora, pegando no quimono de atletas sênior, eu evoluo cada vez mais, sempre colocando novos objetivos a serem atingidos. Fico feliz com essa conquista e continuarei focada nos treinos aqui na Europa para chegar bem no Grand Slam de Dusseldorf. Agradeço a confiança que a CBJ tem depositado em mim", concluiu Pimenta. 

Em Dusseldorf, o Brasil terá tanto a equipe feminina, quanto a equipe masculina. A competição acontecerá nos dias 22, 23 e 24 de fevereiro e distribuirá até 1000 pontos (campeão) no Ranking. Veja os convocados na listagem abaixo. 

Segundo lugar geral no Sub-18 e resultado "descentralizado"

As conquistas da seleção juvenil, por outro lado, mostram um ótimo início de temporada das equipes de base, abrindo o primeiro dia de competição já com cinco pódios, que colocaram o Brasil no segundo lugar no quadro geral de medalhas até o momento, atrás apenas da Rússia. 

O ouro de Laura Soken (44kg), a prata de João Jardim (60kg) e os bronzes de José Demarco (60kg), Matheus Pereira (66kg) e Beatriz Comanche (44kg) revelam também um resultado positivo das políticas de descentralização do Judô implantadas pela CBJ por meio do Programa de Apoio às Federações. Cada medalha veio de um estado diferente. Laura é do Paraná (FPRJ), João é do Distrito Federal (Femeju), José é do Mato Grosso do Sul (FJMS), Matheus é de São Paulo (FPJudo) e Beatriz é do Rio (FJERJ). 

A competição em Fuengirola continua neste domingo, 17, com as categorias mais pesadas e com mais chances de medalhas para o Brasil.

GRAND SLAM DE DUSSELDORF - 22 A 24 DE FEVEREIRO




Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »