18/02/2019 às 09h25min - Atualizada em 18/02/2019 às 09h25min

TJ confirma condenação de empresário acusado de agredir a ex-modelo Luiza Brunet

Lírio Parisotto terá de prestar serviços à comunidade

MPSP
Foto: Reprodução
Por unanimidade, o Tribunal de Justiça confirmou na última quinta-feira (14/2), a sentença em primeiro grau de 2017 que condenou o ex-namorado da atriz e ex-modelo Luiza Brunet, o empresário Lírio Parisotto, por crime de lesão corporal, a pena de um ano de prisão convertida em prestação de serviços à comunidade.  
 
O empresário também terá de comparecer, durante dois anos, uma vez por mês, a um cartório criminal para provar que mora em São Paulo e só pode viajar com autorização da Justiça.
 
Para o promotor de Justiça responsável pelo caso, Carlos Gaya, “a confirmação da sentença revela que o tribunal reconheceu a dor da vítima e deu uma resposta adequada a um crime de extrema gravidade.”
 
Em 2016, Brunet denunciou Parisotto depois que recebeu um soco no olho e chutes pelo corpo durante uma briga com o ex-namorado no dia 21 de maio, em Nova York. Ela também relatou ofensas e xingamentos e afirmou que, ao ser imobilizada pelo ex-namorado, fraturou quatro costelas.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »