15/02/2019 às 14h59min - Atualizada em 15/02/2019 às 14h59min

Inflamação no tornozelo, causada por entrada violenta, tira Scarpa de ação por até 21 dias

Problema pode fazer o camisa 14 perder a estreia do Palmeiras na Libertadores, em 06 de março.

Palmeiras FC
Foto: Reprodução
A tesoura que sofreu na partida de segunda-feira contra o Bragantino, no Pacaembu, vai tirar o meia Gustavo Scarpa dos gramados por até 3 semanas. 

Com o tornozelo inchado, o jogador não conseguiu treinar na terça e na quarta-feira. Na quinta ele foi a campo e participou de boa parte da movimentação comandada pelo técnico Luiz Felipe Scolari, mas depois não suportou as dores.

Submetido a um exame, Scarpa teve o processo inflamatório diagnosticado, e uma nova intervenção cirúrgica chegou a ser cogitada, mas logo descartada. O meia ficará em recuperação por até 21 dias, ou seja, pode perder a estreia do Verdão na Libertadores, marcada para 06/03 contra o Junior Barranquilla, fora de casa.

Além de Scarpa, o atacante Borja foi outro que sofreu uma forte pancada no jogo contra o Bragantino (no joelho) e também perdeu dois treinamentos, mas ele se já se recuperou.

Ainda segundo o GloboEsporte, a diretoria fará uma queixa formal à FPF, já que virou rotina os adversários abrirem a caixa de ferramentas em partidas contra o Palmeiras, sempre com a conivência das equipes de arbitragem.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »