14/02/2019 às 10h22min - Atualizada em 14/02/2019 às 10h22min

Denúncia contribui para que força tática invadisse barraco em que acontecia " Tribunal do crime " do PCC

PMESP
Foto: Polícia Militar
Ontem (13), por volta das 16H00, a equipe recebeu uma denúncia anônima de que criminosos armados estariam realizando um "Tribunal do Crime", realizado por membros da facção criminosa PCC, ocasião na qual um indivíduo estaria sendo mantido em cárcere privado e seria executado nesta data, em um barraco de madeira em meio à mata. Foram reunidas as equipes de Força Tática, que se deslocaram para o local. Uma célula tática foi montada e deslocamento em conduta de patrulha até o barraco. Ao se aproximarem, os policiais se depararam com a porta entreaberta, e, em seu interior havia um indivíduo sentado em uma cadeira, o qual foi submetido à busca pessoal e em sua cintura localizado um simulacro de arma de fogo.

Concomitante a está ação, um segundo indivíduo que se encontrava deitado em uma cama no momento da chegada se levantou rapidamente, informando que seria vítima de  sequestro. Ao ser indagado sobre o fato, este informou que realizava o tráfico de drogas na cidade de Suzano e havia extraviado uma quantia considerável de drogas e, devido a isto, a facção criminosa na data de ontem o teria sequestrado e levado para ser executado naquele mesmo dia, tendo sido torturado e espancado por toda a madrugada.

 
O criminoso que estava sentado na cadeira disse que estaria recebendo dinheiro para ficar na guarda do sequestrado.
 
Diante de tal, foi dada a voz de prisão ao criminoso, que foi conduzido ao 4° Distrito Policial de Mogi das cruzes.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »