13/02/2019 às 11h59min - Atualizada em 13/02/2019 às 11h59min

​Dois homens são presos pela Força Tática, por tráfico de drogas em Araçatuba

AtaNews
Foto: Força Tática
A Força Tática da Polícia Militar prendeu na tarde de terça-feira (12) um desempregado de 22 anos e um metalúrgico de 46 anos por tráfico de drogas em Araçatuba.

Segundo informações, por volta das 16h30 policiais realizavam patrulhamento quando visualizaram o desempregado em uma motocicleta pela rua David dos Santos Esgalha, bairro Clóvis Valentin Picolotto. 

Ao notar a aproximação da viatura, ele logo mudou de direção, sendo alcançado e detido. Em poder dele foi encontrada uma porção grande de maconha. 

Os policiais se dirigiram até a residência do suspeito, onde durante buscas, localizaram mais duas porções menores da mesma droga, três pinos de cocaína, um saco com diversos eppendorfs vazios, 16 munições intactas calibre 38 e a quantia de R$ 40 em espécie.

Em conversa, o desempregado contou que a maconha era para seu uso pessoal e que havia recebido as munições em pagamento de uma dívida. Sobre os pinos de cocaína e eppendorfs, nada declarou.

Diante dos fatos, o rapaz foi conduzido ao plantão policial, onde recebeu voz de prisão por tráfico de drogas e posse de munição, e deverá ser apresentado em audiência de custódia.

O segundo caso aconteceu também na tarde de ontem (12) por volta das 17h50 na rua Presidente Tancredo Neves, no bairro Parque Industrial em Araçatuba.

Em patrulhamento de rotina, a PM avistou o metalúrgico em atitude suspeita pela rua Presidente Tancredo Neves, local conhecido como ponto de venda de drogas.

Ao notar a presença da viatura, o indivíduo tentou empreender fuga, porém foi abordado.

Em poder dele, os policiais encontraram um aparelho celular e 10 porções de crack envoltas em papel alumínio. Inquirido, confessou a venda do entorpecente por R$ 10 cada unidade, dizendo ainda que o restante da droga estaria em sua residência.

Os policiais foram até o imóvel e localizaram mais 28 porções, uma balança de precisão, um canivete e um rolo de papel alumínio, além de um simulacro de arma de fogo, segundo o desempregado, utilizado para intimidar os usuários de droga.

Diante das evidências, o rapaz recebeu voz de prisão e foi conduzido ao plantão policial, onde permanece preso à disposição da justiça para audiência de custódia.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »