11/01/2019 às 15h52min - Atualizada em 11/01/2019 às 15h52min

Chapinha: 4 dicas que você precisa saber antes de usar a ferramenta para alisar o cabelo

Sabia que você pode usar a chapinha sem danificar o seu cabelo?

Beleza extraordinária

Foto: Imagem Ilustrativa
É verdade que a chapinha pode ser uma ótima opção para finalizar o cabelo e deixar o visual perfeito para o look do dia a dia ou para os eventos mais sofisticados. Ela é uma solução rápida e prática para alisar as madeixas e deixar os fios mais alinhados, mas as altas temperaturas da chapinha podem acabar danificando o cabelo.

Os danos causados pelo excesso de calor são bem conhecidos - como o frizz e as pontas ressecadas. Mas sabia que dá para proteger os fios sem precisar desistir da chapinha? Se você não abre mão da finalização com a chapinha, mas quer manter o cabelo saudável, confira essas 4 dicas que a gente separou.

Resultado de imagem para Chapinha nos cabelos

1- Seque bem o cabelo antes de usar a chapinha
Um errinho que muitas pessoas cometem na hora de alisar os fios é usar a chapinha no cabelo ainda úmido. Essa pode parecer uma boa ideia naquelas horas que você está com pressa para se arrumar, mas isso pode prejudicar muito o seu cabelo. Não é à toa que, quando você usa a chapinha nos fios molhados, saia aquela fumacinha.

O que acontece é que o cabelo fica mais frágil quando está molhado e usar o alisador nesse momento aumenta a perda de água dos fios, que podem ficar bem mais ressecados. A fumaça acontece porque a chapinha age como se estivesse fritando o seu cabelo. Por isso, se você quer evitar o ressecamento, certifique-se de que as madeixas estejam totalmente secas antes de alisá-las.

2- Use sempre produtos com proteção térmica
Mesmo secando bem o cabelo antes de usar a chapinha, o calor ainda pode prejudicar os seus fios - principalmente se você usa a ferramenta com frequência. Por isso, antes de alisar os fios em casa, é fundamental usar um leave in com proteção térmica ao longo do comprimento e nas pontas do cabelo.

Esse tipo de produto cria uma película protetora em volta dos fios, evitando que o calor danifique tanto o seu cabelo. Você pode encontrar protetores térmicos na forma de cremes ou óleos e pode escolher o que melhor combina com o seu cabelo. Mas, independentemente do produto escolhido, ele deve ser usado toda vez que você for finalizar as madeixas com chapinha.

3- Cuidado com a temperatura da chapinha
A temperatura da chapinha é outro fator que pode aumentar os danos ao seu cabelo. Isso porque muitas pessoas usam a ferramenta em temperaturas mais altas que o necessário - o que prejudica os fios sem aumentar a capacidade de alisamento. O ideal é ajustar a temperatura de acordo com a sua necessidade.

Se os seus fios são bem finos, use a chapinha entre 150 e 160 graus. Já para os fios mais grossos, você pode ajustar a temperatura para até 200 graus. Evite usá-la mais quente do que isso, já que o calor excessivo vai aumentar o ressecamento do seu cabelo e pode provocar mais frizz, causando o efeito contrário ao desejado.

4- Invista nos cuidados com as pontas ressecadas
Mesmo tomando todos esses cuidados ao usar a chapinha, o calor ainda pode provocar alguns danos ao seu cabelo. Se você a usa com frequência, já deve ter percebido que as pontas costumam ficar mais frágeis e ressecadas. Um sinal disso é que a cor nas pontas fica mais clara que na raiz, além da aparência mais seca.

Se isso acontecer, o ideal é suspender por um tempo o uso da chapinha - ou pelo menos evitar as pontas. Além disso, você pode usar produtos específicos para recuperar as pontas ressecadas. Investir em uma hidratação profunda também é uma boa opção para recuperar a saúde dos fios.

Resultado de imagem para Chapinha nos cabelos

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »