21/12/2018 às 15h33min - Atualizada em 21/12/2018 às 15h33min

Justiça Eleitoral divulga o balanço do último mutirão realizado em Salmourão

Foram realizados 387 atendimentos entre a inserção de cadastramento biométrico, a emissão de novos documentos e ainda uma grande realização de transferências

Lucas Reis, especial para o AtaNews
Ao todo foram realizados mais 387 cadastros neste último mutirão da Justiça Eleitoral em Salmourão - Foto: Lucas Reis
O trabalho realizado pela Justiça Eleitoral durante o mês de dezembro foi encerrado no final da tarde da última quarta-feira (19) e conseguiu atingir um resultado bem satisfatório em relação à quantidade de pessoas atendidas durante os dias em que a equipe do Cartório Eleitoral de Lucélia, que agora é responsável pelos eleitores locais, esteve em Salmourão.

Foram realizados 387 atendimentos entre a inserção de cadastramento biométrico, a emissão de novos documentos e ainda uma grande realização de transferências de títulos por parte dos eleitores que foram atendidos durante o mutirão.

De acordo com Altemir José da silva, chefe do cartório eleitoral da cidade de Lucélia, que responde também pelos eleitores de Salmourão, de um total de 4.106 eleitores cadastrados, a justiça eleitoral conseguiu com essa última ação, realizar até o momento a quantidade de 3.491 cadastramentos, o que corresponde a 85%  do eleitorado salmoroense, restando ainda um total de 615 eleitores (15%) que ainda ficaram pendentes com o cadastro.



Altemir explica ainda que durantes os mutirões, foi realizado um trabalho de fiscalização em parceria com o Sub-Tenente Flávio Eduardo Rodrigues da Polícia Militar de Salmourão, para verificar de forma aleatória alguns cadastros de eleitores inscritos no município com a finalidade de filtrar possíveis eleitores que não tenham nenhum tipo de vínculo com a cidade, como residência, trabalho ou algum tipo de propriedade.

Quem não realizou o cadastro já está passível de ter o título de eleitor cancelado e consequentemente não poderá votar, tirar certidões de quitação eleitoral, tomar posse em cargo conquistado através de concurso público, tomar empréstimo em bancos públicos e solicitar emissão de passaporte. Também de forma periódica a Receita Federal do Brasil cancela o CPF dos eleitores menores de 70 anos com o título cancelado.



Os eleitores de Salmourão que realizaram o cadastramento biométrico já poderão contar com a foto na versão digital do título de eleitor (e-Título), que foi lançado recentemente pela Justiça Eleitoral, podendo o mesmo substituir o título convencional no dia da votação. O eleitor que desejar, poderá baixar o aplicativo do (e Título) para celulares, smartphones e tablets na Google Play e também na AppStore.



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »