06/02/2018 às 16h44min - Atualizada em 06/02/2018 às 16h44min

​PM recupera objetos furtados e prende homem por porte ilegal de arma

AtaNews
Objetos furtados recuperados pela PM em cumprimento a mandado de busca e apreensão (Foto: AtaNews)
Na noite desta segunda-feira (05), a Polícia Militar recuperou dezenas de objetos furtados em uma residência no bairro Vila Mendonça, em Araçatuba. Na ação um homem de 35 anos foi preso. Segundo a polícia, o acusado possui passagens por furto e porte de arma. 

Conforme boletim de ocorrência, policiais militares foram dar cumprimento a um mandado de busca e apreensão, após receberem uma denúncia de que no local havia diversos objetos furtados.

Os policiais se deslocaram até o endereço, onde encontraram 135 munições calibre 38, 10 munições calibre 32, 49 munições calibre 22, seis munições calibre 32 para espingarda, uma munição calibre 45, duas notas de 100 falsas, várias folhas de cheques preenchidas e assinadas, além de R$ 17.497,00 em notas diversas. Também foi encontrado um revólver calibre 32 sem numeração não municiada, uma espingarda de pressão, um kit de equipamento com cilindro de oxigênio e maçarico, diversas sacolas contendo objetos eletrônicos, remédios, roupas e sapatos novos possivelmente produtos de furto. 



Em cumprimento ao mandado outra equipe da PM se dirigiu até uma residência, no bairro Hilda Mandarino, onde encontraram o suspeito e seu tio saindo do imóvel em um veículo Parati de cor branca.

Abordados, em poder de ambos nada de ilícito foi encontrado, porém ao realizarem buscas pelo imóvel, foram encontradas duas espingardas de pressão, 11 munições calibre 22 e uma munição calibre 38, todas intactas, além de sacolas contendo dois silenciadores, um rádio HT, duas lanternas, uma luneta e um porta munições vazio.

Diante das evidências, os dois homens foram conduzidos ao plantão policial, onde receberam voz de prisão. Para o tio, de 49 anos, foi arbitrada fiança de R$ 1 mil que foi paga e responderá pelo crime em liberdade,  já o sobrinho será apresentado em audiência de custódia.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »