05/12/2018 às 10h41min - Atualizada em 05/12/2018 às 10h41min

Polícia Civil está no encalço de segurança que teria agredido um cachorro até a morte

Maus tratos contra animais é crime: pena de detenção de três meses a um ano, além de multa

Polícia Civil do Estado de São Paulo
Foto: Polícia Civil
Policiais civis da Delegacia de Polícia de Investigações sobre o Meio Ambiente de Osasco (Demacro) realizam diligências para localizarem o segurança que teria agredido um cachorro que ficava na porta de um hipermercado, na Avenida dos Autonomistas, na última sexta-feira (30).

A Polícia Civil instaurou inquérito policial a fim de esclarecer o ocorrido. Até o momento testemunhas afirmam que o cachorro estava na loja de Osasco há alguns dias e chegou a receber água e alimentos de funcionários e clientes, porém, um colaborador da empresa teria pedido ao segurança terceirizado que retirasse o animal dali.
 
O homem então teria dado “chumbinho” ao animal e depois o teria agredido violentamente.
 
O Departamento de Fauna e Bem Estar Animal da Prefeitura de Osasco foi chamado e socorreu o animal, mas devido a uma hemorragia interna, veio a óbito.
 
Equipes da Especializada estão realizando diligências para localizar o suspeito das agressões.
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »