03/12/2018 às 16h14min - Atualizada em 03/12/2018 às 16h14min

Dezembro tem início com apreensões de celulares e entorpecentes na entrada de presídios

Assessoria de Imprensa
Foto: Divulgação
SÁBADO (01/12/18)

PENITENCIÁRIA SILVIO YOSHIHIKO HINOHARA DE PRESIDENTE BERNARDES


No último sábado, 01/12, três visitantes do sexo feminino foram surpreendidas tentando entrar com objetos proibidos na penitenciária. Durante os procedimentos de revista pelo scanner corporal, cada uma delas foi flagrada com 01 (um) telefone celular inserido na genitália, respectivamente. Todas as mulheres foram conduzidas à Delegacia de Polícia local, onde foram lavrados os respectivos Boletins de Ocorrência. Também foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar a cumplicidade dos sentenciados que receberiam os aparelhos.
 
PENITENCIÁRIA II LUIZ APARECIDO FERNANDES DE LAVÍNIA

Quatro mulheres foram flagradas pelo aparelho de scanner corporal quando tentavam passar pelos procedimentos de revista ocultando em seus corpos, nas genitálias, aparelhos de telefonia celular. No total, foram apreendidos 05 (cinco) aparelhos e uma das visitas precisou ser conduzida até o Hospital Estadual de Mirandópolis para passar por raios X, uma vez que negava o fato. Outra havia apresentado RG falsificado para burlar a segurança. Foram lavrados Comunicados de Evento, os sentenciados isolados preventivamente e instaurados Procedimentos Disciplinares para melhor apuração dos fatos.  As visitantes foram suspensas do rol de visitas e levadas perante a Autoridade Policial para as providências da Polícia Judiciária.
 
PENITENCIÁRIA TACYAN MENEZES DE LUCENA DE MARTINÓPOLIS

Durante os procedimentos de revista para visitação no presídio, Agentes de Segurança Penitenciária da unidade prisional descobriram que cinco mulheres tentavam driblar a fiscalização. Todas elas foram flagradas pelas imagens do aparelho de scanner corporal portando invólucros ocultos em seus órgãos genitais que, juntos, somaram 04 (quatro) celulares e 01 (uma) porção de cocaína. Duas delas, negando o fato, foram levadas para comprovação da suspeita via exame de raios X no hospital. Posteriormente, todas foram encaminhadas à delegacia e suspensas do rol de visitas. Os sentenciados envolvidos responderão a Procedimento de Infração Disciplinar.
 
DOMINGO (02/12/18)

PENITENCIARIA OZIAS LUCIO DOS SANTOS DE PACAEMBU


Com um invólucro inserido na genitália e composto por 100 (cem) comprimidos na cor lilás, supostamente o entorpecente "Êxtase", a irmã de um sentenciado tentou entrar na unidade para visitá-lo, mas o ilícito foi descoberto quando ela passava pelo aparelho de revista corporal. A Polícia Militar foi acionada e a visitante conduzida após o flagrante para a delegacia de polícia local, para as providências de praxe. Por fim, foi instaurado Procedimento Disciplinar para apurar eventual participação do sentenciado que seria visitado e suspensão da mulher do rol de visitas.
                                   
CENTRO DE PROGRESSÃO PENITENCIÁRIA DE VALPARAÍSO

A unidade prisional registrou duas apreensões de ilícitos com visitantes neste domingo. No primeiro caso, uma visitante trazia uma porção de substância semelhante à cocaína (76 gramas) inserida no órgão genital e, negando o fato, foi encaminhada ao hospital para passar por exame de raios X, que veio a confirmar o que já havia sido revelado pelo aparelho de scanner corporal. Com isso, o reeducando que seria visitado foi chamado e, nesse momento, tentou evadir-se pulando um dos alambrados, mas foi contido por Agentes de Segurança Penitenciária e levado para a Cela Disciplinar onde aguarda decisão da Vara de Execuções Criminais para regressão ao regime fechado. No mesmo dia, outra visitante trouxe farofa para o companheiro que cumpre pena no local, porém, em meio ao alimento, estavam ocultos 88 (oitenta e oito) invólucros com aproximadamente 100 gramas de substância aparentando maconha. O preso foi levado à Cela Disciplinar para aguardar decisão do Deecrim de Araçatuba sob sustação cautelar de regime semiaberto. As mulheres flagradas foram suspensas do rol de visitas e levadas à delegacia de polícia para elaboração de Boletim de Ocorrência e prisão em flagrante por tráfico de drogas.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »