08/11/2018 às 09h02min - Atualizada em 08/11/2018 às 09h02min

Entenda como hábitos corriqueiros podem desgastar os dentes

Dietas, bruxismo, má oclusão dos dentes e refluxo estão entre as causas da porosidade dental

Dr. Felipe Araújo
Assessoria de Imprensa, Naves Coelho
Foto: Reprodução
Em meio a rotina, é necessário ter atenção aos hábitos alimentares e físicos, para garantir que a saúde bucal esteja em dia. Pequenos costumes adotados no cotidiano podem passar despercebidos, e gerar certas consequências no futuro. Dito isso, é necessário atentar-se a comportamentos que podem ser prejudiciais para a saúde da boca, que, quando não tratados, ocasionam desde focos porosos nos dentes até a perda da estrutura óssea.

Segundo o especialista e mestre em implantodontia, Felipe Araújo, CEO da O’don Dental Care, as causas da porosidade dos dentes vão muito além do que apenas a má higiene bucal. “Hoje em dia, com a massiva oferta de dietas que utilizam alimentos ácidos, a superfície dos dentes é afetada pelos efeitos desses hábitos alimentares”, afirma.

Existem também as causas da porosidade que derivam de fatores internos, como por exemplo, a má oclusão dos dentes, o bruxismo e o refluxo. A má oclusão é capaz de causar a exposição da raiz e o desgaste do dente, fazendo com que haja uma retração gengival e o aumento da sensibilidade, assim como o bruxismo, que também pode comprometer a arcada dental. Já o refluxo, ao provocar a volta do suco gástrico pelo esôfago, pode causar a corrosão dos dentes.

Segundo Felipe Araújo, os modismos também se apresentam como vilões. Com a maior disseminação da informação nas redes sociais, métodos caseiros que incitam a curiosidade do paciente, podem ser de alto risco para a saúde bucal: “Algo muito divulgado na internet, é o ato de beber água com limão em jejum. Essa prática, muito comum em dietas, é altamente prejudicial à saúde dos dentes, se feita de maneira incorreta. A acidez presente no limão em junção com o processo de escovação, causa desgaste e aumenta a porosidade dos dentes, causando, consequentemente, uma maior sensibilidade. O ideal, é que se espere cerca de 20 a 30 minutos, beba um copo de água e, após esse processo, escove os dentes”, aconselha. Este e outros hábitos, muitas vezes, são passados sem nenhum conhecimento prévio, por isso, é de extrema importância que se consulte um especialista antes da adoção de qualquer prática na rotina.

Caso os dentes desgastados apresentem o comprometimento de sua estrutura, cabe a um profissional da área diagnosticar o problema e indicar o tratamento que restaure a saúde e a estética dental. “A faceta associada a um tratamento que recupere a saúde do dente, é uma das opções para quem tem sensibilidade aguda, pois ela reveste a estrutura natural e contribui para a sua aparência. Para os casos de perda da dentição, um dos tratamentos indicados pode ser o uso de implantes”, completa o especialista.
 
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »