06/11/2018 às 15h12min - Atualizada em 06/11/2018 às 15h12min

Promoção sim, desperdício não

Veja dicas para não cair nas armadilhas dos preços baratos para produtos que você não vai consumir

Portal Brasil
Mais importante do que levar para casa um produto com um preço aparentemente mais baixo, é adquirir apenas aquilo que é realmente necessário - Foto: Arquivo/Agência Brasil
A maneira como os supermercados funcionam e como oferecem os produtos pode fazer que o consumidor adquira produtos que não são essenciais. O resultado é óbvio: desperdício. É importante ficar atento para evitar o descarte desnecessário de alimentos. Confira dicas para economizar na hora da compra:

Cuidado com as promoções. Muitas vezes, elas trazem armadilhas para o consumidor. A pior é o incentivo a comprar algo de que ele não precisa. Mais importante do que levar para casa um produto com um preço aparentemente mais baixo, é adquirir apenas aquilo que é realmente necessário. Comprar no ímpeto pode até ser legal. Mas a consequência é quase sempre a mesma: prejuízo financeiro ou desperdício.

Os anúncios do tipo “leve 3 e pague 2” só fazem sentido se o consumidor tiver o histórico dos preços do produto. Pode ser que o preço unitário cobrado saia mais caro do que geralmente costuma ser. Existem aplicativos que acompanham a variação dos preços. Assim, o consumidor saberá se realmente vale a pena.

É sempre bom conferir todos os itens das prateleiras. Do alto até o chão. Produtos mais caros geralmente ficam na altura dos olhos. PDA 2018

PDA 2018
A Semana Nacional de Conscientização da Perda e Desperdício de Alimentos tem o objetivo de mobilizar a população contra o desperdício de alimentos, além de estimular comerciantes a adotarem práticas que evitem perdas de produtos que podem ser consumidos. Neste ano, ela ocorre entre os dias 5 e 11 de novembro de 2018.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »